Brasil

Abertas oficinas de Educação Patrimonial e de Fotografia na Chapada

Bahia

31/10/2014


Dentro da segunda etapa do `Programa de Pesquisa e Manejo de Sítios de Arte Rupestre da Chapada Diamantina´ (projeto `Circuitos Arqueológicos´), a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) vai promover oficinas de Educação Patrimonial e de Fotografia, de 03 a 07 de novembro, no município de Boninal, a 515 km de Salvador. As atividades serão executadas por uma equipe multidisciplinar formada por técnicos do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC).

A oficina de Educação Patrimonial será realizada todos os dias, das 9h às 12h, no Colégio Estadual Ruy Barbosa. Já a de fotografia acontecerá sempre das 14h às 17h, no Centro Educacional de Boninal. O público alvo são professores e moradores de Boninal e entorno.

Para a diretora de Preservação do Patrimônio do IPAC, Etelvina Rebouças, as oficinas se configuram como um processo formativo e informativo que permite a difusão de conhecimentos sobre o patrimônio e seus mecanismos de preservação. "Essas atividades objetivam a apropriação e valorização do patrimônio cultural local, fortalecimento dos sentimentos de identidade e cidadania, formação de agentes patrimoniais e utilização dos bens culturais de forma sustentável", explica.

Na primeira etapa do `Circuitos Arqueológicos´, foram realizadas as mesmas oficinas nos municípios de Iraquara, Lençóis, Morro do Chapéu, Palmeiras, Wagner e Seabra. Criado em 2010, via convênio com a Universidade Federal da Bahia (UFBA), o projeto já sensibilizou 1,8 mil pessoas, treinou 450 multiplicadores e mapeou 67 sítios de pinturas rupestres.

Todas as ações do `Circuitos Arqueológicos´ são realizadas com o apoio das prefeituras municipais e seus respectivos órgãos de Cultura, Turismo, Meio Ambiente e Educação.

Outras informações sobre a Educação Patrimonial e os 'Circuitos' do IPAC/UFBA podem ser obtidas na Coad via telefone (71) 3116-6945 ou e-mail coad.ipac@ipac.ba.gov.br. Informe-se também no site www.ipac.ba.gov.br, Facebook Ipacba Patrimônio e Twitter @ipac_ba.
 

(Com Assessoria) 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.