Economia

Banco do Nordeste e empresariado pernambucano reúnem-se para tratar de oportunidades de investimento

28/10/2020


Ainda repercute a reunião do presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim em Recife com diversos empresários do Grupo de Líderes Empresariais do Estado (Lide/PE), no Mar Hotel Conventions. As reuniões, realizadas em pequenos grupos em respeito às leis sanitárias vigentes, tiveram o objetivo de tratar sobre novas oportunidades de investimento na economia pernambucana nos próximos meses.

As opções apresentadas pelo BNB contemplam todas as áreas, tais como comércio, serviços, construção civil, agronegócios, indústria e infraestrutura. “Estamos fazendo todo o esforço possível para atender aos clientes de forma rápida e eficiente de todos os segmentos e portes. Nesse momento de retomada econômica, o crédito tem sido ferramenta fundamental na manutenção dos empregos e na geração de novas oportunidades de trabalho. Somente aqui no Estado o Banco responde por mais de 70% dos investimentos de longo prazo”, destacou o presidente Romildo Rolim

Os empresários apresentaram suas demandas, sugestões de operacionalização dos créditos, destacaram a importância da parceria com o Banco para sustentação dos negócios e relataram as iniciativas que estão promovendo para alavancar a economia não somente em Pernambuco, mas também nos demais estados, já que possuem empreendimentos em diversas cidades nordestinas.

O evento marcou a assinatura de acordo de cooperação entre o Banco e o Lide para a disponibilização de crédito de investimento, capital de giro e FNE Sol (recurso para energia solar), dentre outros, para micro, pequenas e médias empresas associadas ao Lide Pernambuco e à Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores – Aspa.

 

Apoio ao setor portuário

As aplicações do Banco do Nordeste em favor do setor portuário e as oportunidades de crédito existentes foram apresentadas pelo presidente Romildo Rolim na tarde hoje, 27, durante o Nordeste Export – Fórum Regional de Logística e Infraestrutura Portuária, realizado em Recife até amanhã.

Ao todo, o Banco do Nordeste investiu, nos últimos quatro anos, em Pernambuco, cerca de R$ 3,7 bilhões no setor de infraestrutura, incluindo operações para o setor portuário, tais como crédito voltado para navegação de apoio marítimo, despaches aduaneiros, organização de logística de cargas, dentre outros.

Além de financiamento por meio da linha FNE Infraestrutura, os empreendimentos também pode ser atendidos com opções de linhas para comércio exterior, com importações e exportações, com destaque para o programa Nordeste Exportação do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.