Ceará

Camilo Santana: Balanço inicial do isolamento social rígido na Capital é considerado positivo

"Esse vírus não tem vacina. A única forma que a gente tem de diminuir a transmissão e garantir que o sistema de saúde possa atender as pessoas é diminuindo a circulação", disse o governador do Ceará

11/05/2020


Na imagem o governador do Ceará durante coletiva

REVISTA NORDESTE – O governador do Ceará Camilo Santana apresentou um balanço dos primeiro dias de ações de orientação e fiscalização para o cumprimento do decreto do isolamento social mais rígido na capital Fortaleza. Em apresentação nas redes sociais, ele agradeceu não apenas as equipes empenhadas na tarefa de conscientização, mas também aos que compreendem a necessidade do distanciamento.

“Esse vírus não tem vacina. A única forma que a gente tem de diminuir a transmissão e garantir que o sistema de saúde possa atender as pessoas é diminuindo a circulação, fazendo o isolamento social. Mais uma vez peço a compreensão da população do estado, principalmente de Fortaleza por esse isolamento rígido. Sei dos transtornos que isso traz. Não tenho dúvida que vamos conseguir combater esse vírus e salvar vidas, que é o nosso objetivo”.

Camilo Santana apresentou gráficos elaborados por uma empresa especialista em avaliação de isolamento em todo o Brasil, a partir da movimentação do sinal de celular. Embora os dados ainda não estejam fechados, uma vez que o levantamento diário se encerra meia-noite, já é possível avaliar o quanto está sendo positiva a adesão dos fortalezenses. Ao mostrar o mapa com informações, isolamento social ficou abaixo de 30% em bairros mais distantes do Centro. A mesma região, hoje, apresentou 80% de isolamento após as medidas.

“Ontem estávamos com isolamento entre 30% e 24% e hoje temos entre 80% e 70%. Quero parabenizar a população pela adesão ao isolamento que é fundamental para salvar vidas. Os mapas já mostram a diferença de ontem para hoje”, disse.

Outra forma de avaliar a mobilidade é através de câmeras de videomonitoramento, trabalho feito pelo Estado e Prefeitura de Fortaleza. O governador Camilo Santana expôs outros três gráficos com medição do movimento nas rodovias estaduais que cruzam a Capital, feito pelo Detran. Na Avenida Washington Soares, por exemplo, houve aumento substancial no feriado e hoje foi registrado 67% de redução do trânsito. Na Avenida Carlos Jereissati, conhecida como Avenida do Aeroporto, caiu 76% o movimento. “Nos últimos três dias parecia que estava tudo normal, com 100% do trânsito de veículos. Agora temos uma queda de 76%, superando nossa meta que é de 70%. A gente acompanha também por imagens das câmeras e vimos hoje espaços públicos, desde a Beira Mar a áreas de lazer e avenidas de bairros mais periféricos da cidade sem praticamente ninguém”.

Novos leitos

Um dos principais objetivos, além de salvar vidas, é reduzir a pressão sobre o sistema de saúde e permitir que as pessoas possam ser atendidas nos hospitais. Durante fala realizada hoje, Camilo Santana destacou esforço do Governo do Ceará e da Prefeitura de Fortaleza para ampliar leitos de enfermaria e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Foram abertos, nesta semana, leitos no Hospital Geral de Fortaleza, Hospital de Messejana, Fernandes Távora, Leonardo da Vinci, hospital de campanha do Presidente Vargas, Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza. “Fora isso, estamos abrindo mais 10 leitos em Tianguá e sete em Itapipoca que já foram abertos para ampliar o atendimento à população”, frisou.

Novos hospitais

O governador anunciou também que novos hospitais de campanha serão construídos anexados aos hospitais na Região Metropolitana de Fortaleza e Interior. “Estamos preocupados já com o planejamento da expansão do atendimento para as regiões do Interior”.

Camilo Santana lembrou, ainda, da obrigatoriedade do uso de máscaras no Estado. “Em todas as imagens que vi hoje as pessoas estavam de máscara. Estamos distribuindo máscaras gratuitamente na Capital, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, e vamos iniciar a distribuição de máscaras caseiras também para o Interior do Ceará. Não é a máscara que os profissionais de saúde utilizam”. Sobre os equipamentos de proteção individual o governador relatou que foram distribuídos para profissionais da saúde de todos os 184 municípios cearenses. “Todos receberam os equipamentos de proteção individual, que são fundamentais”.

Por fim, Camilo fez um amplo agradecimento a todos os profissionais que têm se dedicado diariamente nesse momento, que é único no mundo. “Enquanto os profissionais de saúde estão nas unidades hospitalares, os profissionais de segurança dos municípios e do Estado estão nas ruas garantindo a fiscalização e o isolamento”.

Celebrações religiosas

Após ser anunciada a adoção de medidas mais rigorosas em Fortaleza, muitas dúvidas surgiram. O governador destacou que uma das principais foi se poderiam continuar acontecendo celebrações religiosas através das redes sociais. “As igrejas estão fechadas, mas é permitido sim fazer o culto online em todo o estado, para levar a mensagem. Não pode funcionar com muitas pessoas dentro da igreja, só o pastor ou o padre”, explicou.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.