Camilo Santana confirma prorrogação de decreto de isolamento social por mais 15 dias

05/04/2020


Fhilipe Augusto – Texto
Ascom – Fotos

Após reuniões com o comitê de enfrentamento ao coronavírus no Ceará e especialistas da área, o Governo do Ceará decidiu prorrogar até o dia 20 de abril o decreto estadual que prorroga o isolamento social e define quais atividades podem funcionar – e de que maneira. A informação foi repassada pelo governador Camilo Santana neste sábado (4), em transmissão ao vivo por suas redes sociais, momento em que o chefe do Executivo estadual explicou que a medida foi tomada levando em consideração questões técnicas e científicas.

“Todas minhas decisões têm sido pautadas a partir de orientações de profissionais especialistas e no que diz a Organização Mundial de Saúde. A principal ação preventiva para enfrentar o coronavírus é o isolamento social. A partir dessa orientação dos especialistas, do meu secretário da Saúde (Dr. Cabeto) e dessa equipe de profissionais, tomei a decisão e estou renovando por mais 15 dias, indo até o dia 20 de abril. Tomo essa decisão com a certeza que essa é a mais correta para proteger nossos irmãos cearenses”, comentou Camilo.

O Ceará chegou neste sábado a 744 casos confirmados de coronavírus e 23 óbitos em decorrência da doença. O governador reforçou a necessidade da população compreender a importância das ações tomadas, especialmente o isolamento social, por conta da forma fácil de contaminação e propagação do Covid-19. “Há uma preocupação dos especialistas de que essa contaminação em Fortaleza, que estava restrita a uma determinada área central da cidade, começa a se espalhar em outras áreas. Sempre colocamos aqui a preocupação com a velocidade que isso se propaga”, lembrou o governador.

O gestor destacou que esse distanciamento das pessoas ajuda o Estado a ganhar tempo para se preparar cada vez mais para o enfrentamento da pandemia. “Esse isolamento social é o que tem nos permitido ampliar a rede estadual de saúde. Já está em funcionamento o Hospital Leonardo da Vinci, com 230 leitos. Já está pronto o anexo do HGF e essa semana fica pronto o do César Cals, Albert Sabin e de Messejana. A Prefeitura de Fortaleza também está construindo o hospital de campanha do Presidente Vargas. Todos os hospitais regionais têm recebido estruturas de UTIs. Esse isolamento tem nos permitidos inclusive fazer grandes compras, como estamos aguardando receber insumos e equipamentos comprados na China. Há uma demanda muito grande neste momento, inclusive de equipamentos de proteção individual para os profissionais de saúde. Esse isolamento social tem sido a melhor e mais adequada recomendação feita”, disse.

Para além da saúde
Camilo Santana citou ainda medidas que o Governo do Ceará vem tomando para tentar ajudar os cearenses. “Há uma preocupação muito grande com a população mais vulnerável. Já iniciamos o pagamento das contas de água de mais de 340 mil famílias de baixa renda. Vamos iniciar o pagamento para mais de 530 mil famílias das contas de energia. Ttambém suspendi o pagamento dos impostos estaduais a todas as pequenas e micro empresas do estado do Ceará nos próximos 90 dias. Isso representa quase 90% das empresas cearenses”.

O governador lembrou da necessidade da União começar a liberar o mais breve possível o auxílio aprovado pelo Senado a profissionais autônomos. “Espero que na próxima semana o Governo Federal já inicie o pagamento dos R$ 600 para os trabalhadores informais. Fizemos um levantamento aqui e no Ceará cerca de 2,8 milhões de pessoas terão direito”.

Por fim, Camilo pediu aos empresários que busquem evitar demissões nesse momento em que a população precisa de seus empregos. “Quero fazer um apelo às empresas cearense que evitem a demissão. Existe até um movimento importante dos empresários cearenses de não demitir ninguém. Esse é um momento de sermos solidários a essas pessoas. O Governo Federal abriu políticas importantes para evitar demissões de empregados com carteira assinada. Isso o mundo inteiro está fazendo”.

Canais de comunicação
Desde o início do combate ao coronavírus o Estado disponibilizou o TeleSaúde (0800 275 1475), com 150 atendentes, para que a população possa tirar dúvidas sobre a doença 24 horas. Outro canal de atendimento é o chat, que pode ser acessado nos nos sites oficiais do Governo do Ceará. Além disso, diariamente a Secretaria da Saúde divulga o boletim epidemiológico informando a situação no Ceará.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.