Ceará

Camilo Santana prorroga decreto de isolamento social no Ceará

O anúncio foi feito pelo próprio governador em suas redes sociais.

20/04/2020


Na imagem o governador do Ceará, Camilo Santana

REVISTA NORDESTE – Após ouvir as recomendações de especialistas na área da saúde, o governador Camilo Santana decidiu prorrogar novamente o decreto estadual com medidas de isolamento social em território cearense, cujo objetivo é combater a proliferação do novo coronavírus. O anúncio foi feito pelo próprio governador em suas redes sociais e publicado no Diário Oficial do Estado (DOE).

Camilo Santana explicou que o novo decreto segue as medidas adotadas nos anteriores. “Estou prorrogando por mais 15 dias o decreto estadual que trata do enfrentamento ao coronavírus no Ceará, mantendo as restrições dos decretos anteriores, e reforçando medidas de proteção nos serviços essenciais que já funcionam, como bancos, lotéricas, supermercados e farmácias. O uso de máscara será obrigatório a todos os funcionários desses estabelecimentos, além de mais rigor nas regras para evitar aglomerações”, explicou.

O governador também destacou a importância população cumprir com o que está sendo orientado por gestores e instituições no mundo inteiro. “Também é recomendado esse uso da máscara a todas as pessoas que precisem sair de casa. Compreendo os transtornos que causam algumas medidas, mas elas são tomadas com base na orientação de nossos especialistas em saúde e de entidades como a OMS (Organização Mundial de Saúde), que indicam o distanciamento social como a medida mais eficaz para diminuir a velocidade da contaminação do coronavírus, que ameaça o colapso completo do sistema de saúde”, disse.

O gestor informou que o Governo do Ceará permanece trabalhando para atender as necessidades da população e dos setores afetados com a pandemia e suas consequências. “Continuamos com ações de ampliação da rede de saúde publica, de mais proteção social para famílias vulneráveis, além de formas para minimizar os impactos econômicos para a nossa população, inclusive mantendo diálogo permanente com o setor produtivo. Essa é uma crise que afeta o mundo inteiro. Essa decisão de renovação do decreto estadual foi tomada na certeza de que busca, em primeiro lugar, proteger a vida dos cearenses, o bem mais precioso”, destacou Camilo.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.