Internacional

Castillo se declara vencedor das eleições no Peru; Bolsonaro o critica

Pedro Castillo se autodeclarou vencedor das eleições presidenciais peruanas, citando contagens extraoficiais de seus auditores. Com 99,28% dos registros eleitorais processados, Castillo supera sua adversária da direita, Keiko Fujimori.

Em discurso na noite desta terça-feira (8) na sede de seu partido, o Peru Livre, em Lima, o líder progressista e professor afirmou que a vitória está assegurada e pediu que o resultado seja respeitado:

“O povo falou”, disse Castillo, tirando seu chapéu e levantando os braços para seus apoiadores. “Obrigado por serem vigilantes da vontade popular, obrigado por esta vigília, mas também faço um apelo às autoridades eleitorais para que, por favor, pelo Peru, pela democracia, por nossa pátria, sejam respeitosas”.

Até o momento, Castillo tem 50,25% dos votos válidos e Fujimori, 49,74%. (Com informações do Globo).

Bolsonaro critica

O presidente Jair Bolsonaro falou nesta quarta-feira (9) sobre a provável vitória do professor Pedro Castillo nas eleições para a presidência do Peru. Em discurso durante um culto evangélico, em Anápolis (GO), Bolsonaro lamentou a eleição do candidato de esquerda. O resultado oficial, no entanto, ainda não foi divulgado pelo Juri Nacional de Eleições do país vizinho porque falta apurar menos de 1% dos votos.

“Perdemos agora o Peru. Voltou, pelo que tudo indica, falta 1% de apuração lá, só um milagre pra reverter, vai reassumir lá um cara do Foro de São Paulo [organização de esquerda]”, afirmou o presidente a fiéis da igreja Church in Connection. Se confirmada a vitória de Castillo, será a primeira vez que o Peru será presidido por um governo de esquerda.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp