Ceará

Ceará: Governador se reúne com deputados e associações de militares; comissão é formada para avaliar proposta

07/02/2020


 

Ascom Casa Civil – Texto
Carlos Gibaja – Fotos

O governador Camilo Santana se reuniu nesta quinta-feira (6), no Palácio da Abolição, com deputados estaduais e uma comissão formada por entidades que representam os policiais e bombeiros militares do Ceará para tratar sobre a reestruturação salarial da categoria.

Durante o encontro, ficou definido que uma comissão, formada pelo Governo do Estado, Poder Legislativo, associações e Ministério Público, irá se reunir para avaliar os números da proposta. O primeiro encontro da comissão será realizado na próxima segunda-feira, às 14 horas, na Assembleia.

“Fiz questão de reafirmar que sempre estarei aberto ao diálogo para encontrarmos a melhor proposta, que atenda aos anseios dos policiais e que esteja dentro das possibilidades financeiras do estado. Foi definida uma comissão reunindo todos para discutir de imediato a proposta apresentada, e chegar ao melhor termo, antes do envio à Assembleia Legislativa”, disse o governador Camilo Santana.

O secretário-chefe da Casa Civil, Élcio Batista, avaliou o encontro entre Governo, parlamentares e entidades como muito produtivo. “Estabelecemos um diálogo super importante para esclarecer alguns pontos em que pairavam dúvidas. O Governo está sempre aberto a dialogar com todas as categorias. Vamos levantar uma série de outros números para subsidiar a comissão, para que ela tenha mais capacidade de lidar com os números apresentados (na reestruturação salarial). Fazemos sempre com muita transparência e responsabilidade para que a gente possa manter o equilíbrio fiscal do Estado”, afirmou o secretário.

“(Na segunda-feira) vamos debater vários temas tratados hoje na reunião. Governador já autorizou para que as entidades tenham acesso a alguns dados do Estado, para que elas também façam seus estudos e apresentem essas sugestões. Esperamos que a gente entre em consenso para que, depois disso, a mensagem seja enviada para a Assembleia Legislativa”, citou o líder do Governo na AL, deputado estadual Júlio César Filho.

Ganhos

Nos últimos cinco anos, o Estado teve um incremento de um R$ 1,2 bilhão (86%) na folha salarial apenas com os profissionais da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Pefoce e Polícia Civil – Em 2014, o investimento foi R$ 1,36 bilhão. Em 2019, foi R$ 2,54 bilhões. Conforme o projeto apresentado pelo Governo, a reestruturação das carreiras dos servidores dos órgãos de segurança pública vai demandar um investimento de R$ 440 milhões nos próximos três anos.

“Esse investimento é apenas com pessoal, não se trata de investimento com carros, motos, armas, helicópteros e em batalhões novos que fizemos. Sabemos que se trata de uma categoria que trabalha duro. Nós valorizamos tanto que buscamos desde o primeiro ano já garantir benefícios, sempre dentro das possibilidades financeiras do Estado”, afirmou o governador.

Camilo Santana citou ainda a conquista dos militares com a lei das promoções, sancionada em 2015. “Promovi 20 mil homens e mulheres nesses cinco anos. Não existe um estado dessa Federação que tenha uma lei de promoções como o Ceará”, disse. Apenas em dezembro do ano passado foram 3.037 promovidos, com impacto na folha salarial superior a R$ 165 milhões. “Teve policial que já foi promovido três vezes em meu governo. Isso mostra a importância que damos para a categoria”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.