Sem categoria

CEO do TikTok renuncia em meio à pressão dos EUA sobre os negócios

27/08/2020


Los Angeles, 27 ago (Xinhua) — O CEO do TikTok, Kevin Mayer, renunciou nesta quarta-feira em meio à contínua pressão dos EUA sobre o popular aplicativo de compartilhamento de vídeo.

Em uma carta aos funcionários, Mayer disse que tomou a decisão devido às mudanças dramáticas no ambiente político.

A empresa de rede social de compartilhamento de vídeo na segunda-feira abriu um processo contra a administração do presidente dos EUA, Donald Trump, por causa de uma ordem executiva que proíbe qualquer transação no país com sua empresa-mãe chinesa ByteDance.

Desde o ano passado, as autoridades norte americanas acusam repetidamente o TikTok de ser uma ameaça potencial à segurança nacional. Elas alegam que a empresa, de propriedade da ByteDance, com sede em Beijing, poderia transferir ao governo chinês dados que coleta dos vídeos em streaming norte-americanos, uma alegação rejeitada pelo TikTok, que garantiu que nunca foi solicitado a fazê-lo.

“Diante desse cenário, e como esperamos chegar a uma resolução muito em breve, é com o coração pesado que gostaria de informar a todos que decidi deixar a empresa”, escreveu Mayer na carta.

Ex-executivo da Disney, ele ingressou no TikTok em maio.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.