China anuncia decisão de não mais comprar soja dos EUA em resposta às retaliações

30/05/2019


Sputnik – Em meio à escalada da guerra comercial entre os EUA e a China, Pequim suspendeu as compras de soja estadunidense, informou a agência Bloomberg, o que abre novas possibilidades ao comércio exterior brasileiro. Se o governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro não fosse tão submisso a Donald Trump, o Brasil poderia aproveitar o conflito entre as duas maiores economias do mundo.

“As empresas públicas de grãos não receberam novas encomendas para continuar as compras [de soja] e não esperam que isso aconteça devido à falta de acordo nas negociações comerciais”, informa a agência.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.