Brasil

Número de vitimas do ciclone bomba já chega a 10 pessoas

01/07/2020


247 – Subiu para 10 o número de mortes causadas pelo fenômeno climático conhecido como “ciclone bomba” no Sul do país – nove mortes foram registradas em Santa Catarina e uma pessoa segue desaparecida no estado. Já no Rio Grande do Sul, um homem morreu soterrado por conta da intensa tempestade e vendaval.

Na região de Blumenau (SC), a velocidade dos ventos atingiu 120 km/h, segundo dados de uma estação do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

Conforme o monitoramento da Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), 686,6 mil imóveis permaneciam sem luz até as 11h. Na terça-feira (30), a ventania causada pelo fenômeno e tempestades provocaram estragos em todas as regiões.

A reportagem também informa que o estado mais impactado pelo ciclone é o de Santa Catarina. De acordo com a Defesa Civil, uma morte foi registrada em Itaiópolis, no Norte catarinense, uma em Rio dos Cedros e uma em Ilhota, no Vale do Itajaí. Outras cinco ocorreram na Grande Florianópolis: três em Tijucas, uma em Santo Amaro da Imperatriz e uma em Governador Celso Ramos. No Oeste catarinense, uma mulher morreu em Chapecó. E ainda são realizadas buscas a uma pessoa em Brusque, também no Vale.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.