menu

Colunista

06/06/2017 as 11:15

João Marcos Pereira

Os idosos também ultrapassaram a meta. Mais de 98% foram imunizados. As gestantes e as mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias ainda estão distante de atingir os 90%. Apenas 79,75% das grávidas e 83,93% das puérperas se vacinaram. As crianças formam o grupo que menos procurou as unidades de saúde para a vacinação. Apenas 19.152 das 26.951 crianças na faixa etária adequada foram imunizadas, ou seja, 71,06%.

Apesar de alguns grupos não terem alcançado a meta dos 90% de vacinação, no geral a Secretaria de Saúde de Campina Grande superou a meta e agora a vacinação será aberta à população em geral. “Enquanto dispormos de estoque de doses, ofertaremos a vacina para todos”, explicou a Secretária Municipal de Saúde, Luzia Pinto.

A vacina protege contra três subtipos da gripe, incluindo a H1N1. A única contraindicação é para os alérgicos ao ovo e os efeitos colaterais são sutis, como vermelhidão e uma pequena dor na região da aplicação da injeção. Mesmo quem se vacinou em anos anteriores, precisa se vacinar de novo e as crianças tomam duas doses com um intervalo de 30 dias entre uma e outra.

colunistas