Brasil

Comporta do Eixo Norte da Integração do São Francisco é acionada no Ceará

As primeiras obras, para o deslocamento de parte das águas do São Francisco, foram iniciadas em 2007 no governo Lula.

26/06/2020


Foto: Divulgação

Acontece neste sexta-feira (26), no Ceará, a cerimônia de acionamento da comporta que será responsável pela chegada das águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco ao estado do Ceará. O evento ocorreu com a presença do presidente Jair Bolsonaro, em Penaforte.

As primeiras obras, para o deslocamento de parte das águas do São Francisco, foram iniciadas em 2007 pelo Exército ainda no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e dado prosseguimento através da ex-presidente Dilma Rousseff. A previsão original do governo da época era inaugurar até 2010 todos os canais, reservatório e estações de bombeamento. A expectativa do governo atual é que o projeto esteja concluído no próximo ano.

Com a ação de hoje, a água que já abastece o Reservatório Milagres, em Pernambuco, passará pelo Túnel Milagres, na fronteira dos dois estados, começará a encher o Reservatório Jati, no Ceará, e seguirá, por fim, até a Paraíba e o Rio Grande do Norte.

O Projeto de Integração do Rio São Francisco soma hoje 477 quilômetros (km) de extensão em dois eixos, o Norte com 260 km e o Leste com 217 km, e, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, é o maior empreendimento hídrico do país. “Quando todas a estruturas e sistemas complementares nos estados estiverem em operação, cerca de 12 milhões de pessoas em 390 municípios de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte serão beneficiadas com abastecimento de água”, informou a pasta.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.