Nordeste

Conselho abre sindicância contra médico que realizou aborto legal em criança estuprada pelo tio

02/10/2020


BRASIL 247 – O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) abriu uma sindicância contra o médico Olimpio Barbosa de Moraes Filho, profissional responsável pelo procedimento de aborto legal em uma criança de dez anos que foi estuprada por um tio no Espírito Santo.

O procedimento foi aberto após o movimento antiaborto “Legislação e Vida” formalizar uma denúncia alegando que uma norma técnica do Ministério da Saúde trata da possibilidade de aborto até a 22ª semana de gestação. No momento do procedimento, a criança estava grávida de 22 semanas e quatro dias.

Em entrevista à coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, Olimpio disse que irá responder com “a tranquilidade de quem agiu perante a ética médica”. O procedimento havia sido autorizado pela Justiça capixaba.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.