Corecon-PB empossa diretoria, anuncia projetos pró Celso Furtado e ouve Marconi defender comércio e imposto único

08/01/2020


Por Redação

O Conselho Regional da Economia, seccional da Paraíba, empossou nesta 4a feira à noite no Hotel Caiçara a diretoria para novo mandato liderado pelo economista Celso Mangueira para mais um mandato , quando defendeu diversos projetos para incrementar o desenvolvimento do Estado, a partir do debate municipal e estadual em torno do legado de Celso Furtado. As eleições são um dos focos.

Na solenidade, além da palestra bem fundamentada do economista Francisco Nunes falando em nome do Fórum de Desenvolvimento Celso Furtado expondo diversos desafios e propostas ao futuro do Estado, o presidente da Fecomércio expôs com números a força do comércio na economia e defendeu na Reforma Tributária a implantação do Imposto Único.

– Não ignoro a necessidade do imposto para fomentar estados e municípios mas do jeito em que está com regras diferentes em cada estado o volume do imposto passa a ser grande daí defender desde 2000 a aplicação do Imposto Único – frisou.

Marconi Medeiros lembrou o processo histórico do comércio e pontuou que a Paraíba vive momento positivo no desempenho comercial e até mesmo de estrutura nos diversos muncipios.

O jornalista e empresário Walter Santos explicou a articulação em curso para a Fundação Joaquim Nabuco apoiar com a Sudene a realização de Fóruns em 2020 sobre a importância de Celso Furtado na conjuntura atual.

POSSE PRESTIGIADA 

Diversas autoridades e economistas se fizeram presentes, a exemplo do ex-prefeito de João Pessoa, Carlos Mangueira, ex-vereador Carlos Gláucio, ex-reitor Romulo Polari, economistas Rafael Bernardino, da Associação Comercial, conselheiro Paulo, Francisco Nunes, Martinho Campos, Zélia Almeida, etc.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.