Alagoas

Cúpula do Nobel da Paz terá presença de jovem do Nordeste

Júlia Miranda Quagliatto, de 20 anos, estudante do 7º período de Relações Internacionais na Universidade Federal de Uberlândia

04/09/2019


Jovem tem uma vasta atuação em voluntariados no Brasil e no exterior, participando de grupos ligados aos direitos humanos e à justiça social

O 20º aniversário da Cúpula Mundial de Laureados com o Prêmio Nobel da Paz, um dos eventos mais relevantes e renomados relacionados ao diálogo de paz em todo o mundo, será comemorado este ano, entre 19 e 22 de Setembro, na cidade de Mérida, no México, e terá na delegação brasileira composta de cinco representantes, a presença, pela primeira vez, de uma jovem representando o Nordeste do Brasil.

Trata-se de Júlia Miranda Quagliatto, de 20 anos, estudante do 7º período de Relações Internacionais na Universidade Federal de Uberlândia, Minas Gerais. Júlia é natural de Maceió, Alagoas, onde residem seus pais Deyse e Ney Quagliatto, ambos profissionais da Odontologia. A representante nordestina na cúpula, embora com pouca idade, tem uma vasta atuação em voluntariados no Brasil e no exterior, participando de grupos ligados aos direitos humanos e à justiça social, tendo trabalhos apresentados em congressos internacionais, a exemplo de Encontros de Estudantes de Relações Internacionais, Semana Acadêmica de Relações Internacionais, atuando também como dirtigente de Diretórios Acadêmicos de Estudantes de Relações Internacionais.

O evento do México é uma iniciativa da Secretaria da Cúpula, com o Governo do Estado de Yucatán, em cuja área está a cidade de Mérida. A Cúpula, estabelecida em 1999, é um dos eventos mais relevantes e renomados relacionados ao diálogo de paz em todo o mundo, e este ano celebra seu 20º aniversário desde a sua criação. Mérida, a cidade anfitriã, mais conhecida como a cidade branca e centro da cultura maia no México, tem sido considerada um grande exemplo na promoção da valorização cultural e na participação da sociedade para garantir a paz e a harmonia.

A presença de Júlia Miranda Quagliatto ocorre dentro do programa Leading By Example (Liderando Pelo Exemplo), como parte da delegação brasileira de cinco jovens, sendo ela a única nordestina. Acontece paralelamente à Cúpula e é o programa oficial dos jovens, durando 4 dias e conta com mais de 60 workshops, relacionados aos direitos humanos, como a proteção ambiental, equidade, construção da paz, entre outros assuntos. E lá os jovens teremos em contato direto com os ganhadores do Nobel da Paz, além de líderes e acadêmicos de diversas escolaridades e áreas profissionais, que ministrarão os workshops.

O Leading By Example tem como objetivos: incentivar a mudança na comunidade em que vivem esses jovens, por meio de projetos sociais, com foco em promover a paz e não-violência, propiciar rede de contatos para oportunidades de trabalho, desenvolver o pensamento crítico para solucionar os problemas sociais e permite uma formação educacional única, dado o contato com os ganhadores Nobel.


Meionorte.com


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.