Pernambuco

Deputado Eriberto Medeiros é reeleito para presidir Assembleia Legislativa de PE até 2023

Deputado Eriberto Medeiros é reeleito para presidir Assembleia Legislativa de PE até 2023

Eleição para a Mesa Diretora ocorreu nesta sexta-feira (4), em reunião realizada no plenário, no Centro do Recife. Também foram escolhidos parlamentares para ocupar outros seis cargos, além de suplentes.

04/12/2020 19h11  Atualizado há 12 horas

Deputado Eriberto Medeiros é eleito presidente da Alepe pela terceira vez

Os deputados estaduais escolheram, nesta sexta (4), os parlamentares que vão comandar a Assembleia Legislativa de Pernambuco, no segundo biênio da atual Legislatura. Na disputa pelos cargos da Mesa Diretora, o atual presidente da Alepe, Eriberto Medeiros (PP), foi reeleito ao vencer Álvaro Porto (PTB). Ele ficará no cargo, entre 1º de fevereiro de 2021 e 31 de janeiro de 2023.

A Alepe tem, ao todo, 49 parlamentares. Eriberto assumiu a presidência em agosto de 2018, sendo reconduzido, pela primeira vez, em fevereiro de 2019. Ele passou a comandar o Legislativo após a morte de Guilherme Uchôa, que foi escolhido por seis vezes para o cargo.

“Os direitos de todos os cidadãos começam na Assembleia Legislativa. Devemos estar sempre prontos para repassar as informações para a população, pelos nosso meios de comunicação”, declarou Medeiros, em entrevista ao NE2.

De acordo com o edital de convocação da reunião, o processo eleitoral cumpriu o regimento interno. Os deputados formalizaram os registros das candidaturas, na Secretaria Geral da Mesa Diretora, até o meio-dia desta sexta.

A eleição teve início por volta das 15h, no Plenário Eduardo Campos, no Centro do Recife. A sessão foi transmitida pela internet e terminou às 18h45, com a proclamação dos eleitos.

Ao todo, 47 participaram da eleição da Mesa Diretora, realizada de forma presencial e com voto secreto. Faltaram João Paulo Costa (Avante), que está com a Covid-19, e William Brígido (Republicanos).

Para o pleito, foram adotadas medidas de higienização por causa do novo coronavírus. Os parlamentares usaram máscaras.

Além do presidente, os deputados elegeram ocupantes de outros seis cargos de comando. Também foram escolhidos sete suplentes.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você