Internacional

Derek Chauvin é condenado nos EUA pela morte de George Floyd

O ex-policial Derek Chauvin, que se ajoelhou sobre o pescoço do homem negro George Floyd e permaneceu na posição por aproximadamente nove minutos, foi condenado nesta terça-feira (20) em Mineápolis, nos Estados Unidos, por homicídio.

Chauvin foi considerado culpado nas três acusações: homicídio culposo, negligência ao assumir o risco consciente de causar a morte de Floyd e causar a morte, sem intenção, por meio de um ato perigoso, sem considerar a vida humana.

O assassinato de Floyd em 2020 gerou uma imensa onda de protestos nos EUA e no mundo contra a violência policial, especialmente contra negros.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp