Brasil

Doria diz que Bolsonaro está obcecado com morte de miliciano e cometeu leviandade contra Rui Costa

24/02/2020


O governador de São Paulo, João Doria, fez críticas a Jair Bolsonaro durante sua passagem pelo Rio de Janeiro neste domingo, onde se encontrou com outros desafetos do titular do Planalto, como o governador do Rio, Wilson Witzel e o ex-ministro Gustavo Bebianno.

Para Doria, fazer a acusação sem prova de que o governador da Bahia teria sido o deflagrador da morte do miliciano é uma leviandade. “Hoje é com o governador da Bahia, amanhã com o do Rio, depois de amanhã com o do Rio Grande do Sul e, daqui a duas semanas, com o governador de São Paulo — afirmou Doria”.

Indagado por jornalistas se Bolsonaro estaria obcecado pela morte de Adriano da Nóbrega, termo usado por Rui Costa, Doria respondeu que “acha que sim”, informa O Globo.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.