Brasil

Eleitores ignoram proibição e postam selfies das urnas; TSE vai avaliar

Eleições 2014

05/10/2014


Muitos eleitores que já foram às urnas hoje (5) usaram os smartphones para tirar selfies no momento da votação e postaram as fotos nas redes sociais, prática proibida pela legislação eleitoral. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quem desrespeitar a norma do sigilo do voto está sujeito a pena de até dois anos de detenção.

Muitos postaram, em seus perfis nas redes sociais, imagens das urnas eletrônicas que mostravam os números que digitaram, as fotos dos candidatos e a tecla verde de "Confirma". Selfies mostrando a conclusão da votação, com a urna e a palavra “Fim” ao fundo, também foram feitos pelos internautas. No Instagram, até um pequeno vídeo foi postado, mostrando desde o momento em que o número do candidato a presidente foi pressionado até a confirmação do voto.

(Agência Brasil)


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.