Bahia

Em Salvador enfermeira é a primeira pessoa a receber a vacina contra a Covid-19: ‘Me sinto honrada’

Cerimônia simbólica que marcou início da vacinação contra o coronavírus no estado aconteceu no santuário das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador.

Diante da imagem de Santa Dulce dos Pobres, a enfermeira Maria Angélica de Carvalho Sobrinho, de 53 anos, se tornou a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 no Estado da Bahia, nesta terça-feira (19). Ela trabalha no Hospital Couto Maia, na linha de frente no combate à pandemia. Além da enfermeira, foram imunizados nesta manhã, na capital baiana, uma idosa de 83 anos, uma indígena e um médico do Samu.

A cerimônia simbólica que marcou o início da vacinação contra o coronavírus aconteceu no santuário das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador. O ato foi acompanhado pelo governador Rui Costa, pelo prefeito da capital, Bruno Reis, e pelos secretários de Saúde do município e do estado.

“Só tenho a agradecer por essa oportunidade. Ontem, quando eu recebi a notícia, já tinha chegado do trabalho, estava em casa. Na hora, eu tive taquicardia, não sabia se sorria ou se chorava de emoção. É um passo muito importante para os baianos e para os profissionais de saúde. Quando a gente vai trabalhar, vive uma sensação de angústia. Essa é uma sensação que vive com o profissional de saúde 24 horas por dia. Assim como chegou pra mim, peço a Deus que chegue para todos”, acrescentou a enfermeira.

Logo em seguida, foi a vez da idosa Lícia Pereira Santos, de 83 anos, receber a imunização.

O médico Uenderson Barbosa celebrou o momento: “Estar vacinado, ser um dos primeiros nesse momento traz segurança não só para a gente, mas também para tratar pacientes e outras pessoas. É difícil, é duro. Principalmente por estarmos em um momento tão crítico e doloroso. Requer da gente muito preparo psicológico”, falou.

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, celebrou o início da vacinação, mas destacou que ainda faltam doses para a imunização em massa.

Em seguida, foi a vez do governador Rui Costa falar. Ele estacou a importância da união entre os seres humanos e se disse emocionado.

“Gostaria de agradecer, sublinhar, destacar, até porque estamos na casa religiosa da Santa Dulce, a importância da parceria entre os homens. A importância da parceria da humanidade, da solidariedade entre os homens, entre os países, entre as nações. Muitas vezes, somos estimulados a pregar o ódio, a intolerância, o rancor, a ter discriminação racial, de nação, de povo. Nesse momento de sofrimento da humanidade, a gente vê o quanto é importante a solidariedade humana. E eu queria agradecer ao estado de São Paulo, ao Instituto Butantã, que priorizou a vida humana e foi buscar uma parceria com os chineses, que desenvolveram essa vacina”, completou o governador.

 

*G1


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp