Internacional

Ernesto Araújo ataca novamente a China e ameaça economia do Brasil; e a reação chinesa é imediata

247 – O chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, o bolsonarista mais radical do primeiro escalão do governo federal, ao lado de seu colega do Meio Ambiente, Ricardo Salles, continuou sua escalada de agressões à China, maior parceiro comercial do Brasil, e fez um post claramente provocativo aos chineses neste sábado (28).

Citando uma frase do filósofo chinês Lao Tzu, atacou de maneira indireta  embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, que havia usado uma frase de Confúcio na quinta-feira (26), para responder a mais uma agressão do deputado Eduardo Bolsonaro a seu país. sugerindo que eles estão “tentando controlar o mundo”.

TEAÇÃO CHINESA IMEDIATA – 247 – O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, recorreu a Confúcio, para responder nesta quinta-feira (26) às agressões do bolsonarismo e do próprio Itamaraty, comandado por Ernesto Araújo, ao país que hoje é o maior parceiro econômico do Brasil.

“Uma história sobre Confúcio: seu aluno perguntou-lhe como ele poderia ganhar o respeito dos outros.  Confúcio respondeu: se você quer ser respeitado pelos outros, primeiro você deve saber como respeitar os outros.  Não imponha aos outros o que você não queira”, postou ele, no twitter.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você