Nordeste

Flávio Dino anuncia investimento de R$ 267 milhões na 2ª fase do Terminal de Grãos do Porto de Itaqui

Investimento deve ampliar a capacidade de exportação e importação de produtos pelo Maranhão

02/09/2020


Imagem meramente ilustrativa - Porto do Itaqui, em São Luís

O governo do Maranhão, anunciou em entrevista coletiva nesta quarta-feira (2), um investimento de R$ 267 milhões de reais na segunda fase da construção do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram) no Porto do Itaqui, em São Luís.

As operações começaram oficialmente nesta quarta-feira. Os investimentos devem ampliar a capacidade de exportação de milho, soja e farelo e de importação de fertilizantes. A expectativa é que até o fim do ano, 20 toneladas de produtos sejam movimentados no porto.

A primeira fase do projeto foi finalizada em 2015 e até o ano passado, o porto tinha capacidade de movimentar 11 toneladas de produtos por ano. A estimativa é que até em 2025, o Tegram tenha a capacidade de produzir 24,3 toneladas por ano, mais do dobro da capacidade inicial há cinco anos.

Juntos, foram investidos R$ 800 milhões na primeira e segunda fase de expansão do Tegram. O governo afirma que a obra gerou 500 empregos e devem ser contratados mais 100 trabalhadores para as operações.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou, que a finalização da Ferrovia Norte-Sul, obra do Governo Federal, deve ser fundamental para atingir os resultados previstos, já que deve atrair a safra de grãos de Goiás e Mato Grosso.

“Eu posso, sem medo de errar, dizer a todas as senhoras e senhores que o Porto do Itaqui, tem a partir de hoje garantida a trajetória de crescimento até 2030. Exatamente em razão do conjunto de investimentos privados e públicos que hoje chegam a R$ 1,5 bilhão”, disse o governador.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.