Política

Flávio Dino ingressa com nova ação no STF sobre vacina Sputnik V

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PcdoB), revelou nesta sexta-feira (7) um novo pedido feito ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a vacina Sputnik. Ele também anunciou a flexibilização das medidas restritivas no estado. Sobre o pedido, Dino destaca a urgência de haver mais doses.

“Apontamos que o órgão CNTBio já havia sugerido a aprovação da vacina Sputnik, nós recebemos novos documentos do Instituto Gamaleia, lembramos que a vacina está sendo aplicada na Argentina e também anexamos um parecer técnico do Dr. Amilcar Tanuri, da Universidade Federal do Rio de Janeiro”, disse.

Dino ressaltou que juntou um conjunto de documentos que foram enviados para Anvisa, na semana passada, e destacou também o fato do órgão federal não ter possibilitado acesso ao processo administrativo, que resultou no indeferimento da vacina Sputnik, além de não ter marcado a data para avaliar os documentos técnicos.

“Como a Anvisa não marcou data, nós entramos com um novo pedido para que o Supremo determine a marcação de uma data no prazo de sete dias úteis, para que diga sim ou não. Nós não estamos pedindo ao Supremo que ele imponha como a Anvisa vai decidir. O que nós queremos saber se é um caso de adenovírus replicante ou se é um vírus político implicante”, disse.

Segundo o governador, o silêncio por si só é uma violação de direitos e essa é a razão pela qual o Maranhão foi ao STF. “Porque nós perseveramos nessa luta diária para que o estado tenha mais vacinas, quaisquer que sejam, desde que tenham eficácia”, ponderou.

Com G1


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp