Política

Flávio Dino rebate Bolsonaro após ser chamado de ditador: “Não tenho tempo para molecagens”

O governador do Maranhão, Flávio Dino, rebateu o presidente Jair Bolsonaro, que o chamou de ‘gordinho ditador’ em passagem pelo Maranhão nesta sexta-feira (21). Dino disse que não tem tempo para ‘molecagem’.

“Bolsonaro anda preocupado com o meu peso, algo bem estranho e dispensável. Tenho ótima saúde física e mental. E estou ocupado com vacinas, pessoas doentes, medidas sociais, coisas sérias. Trabalho muito. Não tenho tempo para molecagens, cercadinhos e passeios com dinheiro público”, disse.

Em seu segundo dia de agenda no Maranhão, o presidente fez a entrega simbólica de títulos de terra em Açailândia e aproveitou para fazer discurso político-partidário, com ataques ao governador do Estado, Flávio Dino (PCdoB), ao relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Como nos demais eventos públicos que tem participado, Bolsonaro promoveu tumulto e aglomeração, desfilando sem máscara entre correligionários, a despeito dos quase 450 mil mortos pela Covid-19.

Presidente do PCdoB-MA vai acionar justiça

O presidente do PCdoB Maranhão, deputado federal licenciado Márcio Jerry, anunciou nesta sexta-feira (21) que acionará a Procuradoria Regional Eleitoral contra Jair Bolsonaro (sem partido), após o mandatário usar dinheiro público para promover sua candidatura à reeleição em 2022 e atacar adversários durante sua visita ao estado.

PUBLICIDADE

“Bolsonaro fez hoje, em Açailândia, nova propaganda eleitoral negativa antecipada.

Usando dinheiro público para campanha eleitoral antecipada, o que é absolutamente ilegal. Farei em nome do PCdoB Maranhão representação contra ele à Procuradoria Regional Eleitoral”, declarou o Jerry, que é atual secretário das Cidades e do Desenvolvimento Urbano do Estado.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp