Política

Gilmar Mendes autoriza conselho do MP a retomar análise de processo sobre Dallagnol

Na prática, ao tomar a decisão, Gilmar Mendes suspendeu a decisão do ministro Celso de Mello, que havia paralisado a análise do caso.

05/09/2020


G1

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nessa sexta-feira (4) o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) a retomar a análise de um processo disciplinar relacionado ao procurador Deltan Dallagnol.

Na prática, ao tomar a decisão, Gilmar Mendes suspendeu a decisão do ministro Celso de Mello, que havia paralisado a análise do caso.

A ação contra Deltan foi apresentada pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL) e discute se o procurador cometeu infração disciplinar por suposta tentativa de interferência na disputa pela presidência do Senado em postagens sobre o parlamentar em rede social.

Em documento enviado ao Supremo, a defesa de Deltan Dallagnol afirmou que há irregularidades no andamento do processo, entre as quais não ter sido assegurado o amplo direito de defesa.

Quando Celso de Mello suspendeu a análise do caso, o CNMP retirou o processo da pauta de julgamentos.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.