Brasil

Gilmar Mendes diz que vai pautar suspeição de Moro quando STF voltar a se reunir

Ministro levará a julgamento o pedido de habeas corpus feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que pede a anulação das sentenças feitas pelo ex-juiz.

07/04/2020


BRASIL 247 – O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), anunciou nesta segunda-feira (6), que levará a julgamento o pedido de habeas corpus feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que pede a anulação das sentenças feitas pelo ex-juiz Sérgio Moro assim que a corte voltar a se reunir presencialmente após a pandemia do novo coronavírus.

“Inicialmente eu tinha sugerido que esse tema fosse decidido em plenário, mas fiquei vencido e decidiu-se que seria definido na turma. E depois se colocou esse impasse. Eu não trouxe neste período porque teríamos depois o debate, com a ausência do ministro Celso, se o empate favoreceria ou não, um eventual empate favoreceria ou não o réu”, afirmou o ministro em entrevista ao site Jota.

O ministro Celso de Mello, decano do STF, está afastado de suas funções por problemas de saúde. O ministro se submeteu a uma cirurgia no quadril.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.