Nordeste

Governador do Maranhão  pede impeachment de Bolsonaro: ‘tantos abusos e desvarios não podem permanecer’

11/11/2020


247 – O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), pediu o impeachment de Jair Bolsonaro após as declarações comemorando a suspensão da vacina chinesa, CoronaVac, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); falando em usar “pólvora” contra Joe Biden; e falando sobre o Brasil ser um país de “maricas”, diante da preocupação com os mortos por Covid-19.

Este é um daqueles dias em que o artigo 85 da Constituição Federal, que trata dos crimes de responsabilidade e do impeachment do presidente da República, grita para ser lembrado. Há também o exemplo de Jânio Quadros. Tantos abusos e desvarios não podem permanecer”, escreveu Dino.

Mais cedo, Dino disse que “Bolsonaro continua a ser o maior aliado do coronavírus no nosso país”, por ter comemorado a suspensão da vacina chinesa apesar do Brasil contar com mais de 160 mil mortos pela doença e ter contabilizado mais de 5,6 milhões de infectados desde o início da pandemia.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.