Ceará

Governo do Ceará anuncia auxílio cesta básica e isenta taxa do transporte regular e complementar

Auxílio Cesta Básica

começou ontem (07/04), a distribuição de 250 mil Vale-Gás para as prefeituras cearenses, que repassam às famílias mais vulneráveis já cadastradas. Mas além dessa ação, do pagamento da conta de água e luz, para famílias de baixa renda, e auxílio para os trabalhadores afetados dos setores dos eventos e bares e restaurantes, Camilo anunciou mais duas medidas para setores também afetados pelas ações de prevenção à pandemia.

“Estou assinando neste momento uma mensagem que será encaminhada para a Assembleia Legislativa, autorizando a conceder o chamado de “Auxílio Cesta Básica”, no valor de R$ 200, dividido em duas parcelas de R$ 100, através de um cartão que será creditado esse valor, como forma de estimular as compras no comércio local”, explicou o governador. Segundo levantamento do Governo, essa ação beneficiará cerca de 150 mil famílias, incluindo setores dos mais atingidos pela pandemia, como profissionais do transporte complementar e escolar, ambulantes e feirantes, mototaxistas, taxistas, motoristas de aplicativo, bugueiros e guias turísticos.

A segunda medida social anunciada pelo governador foi uma reivindicação feita pelo setor de transportes. “Também encaminho aqui para a Assembleia uma mensagem que solicita a suspensão do pagamento da taxa de regulação nos transportes regulares e complementares do Estado pelos próximos dois meses, em abril e maio. Se beneficiarão topics e ônibus, como uma forma de apoiar esse segmento. Já demos o suporte na primeira onda, e voltamos a auxiliar agora”, falou.

Anvisa e Sputnik

Camilo informou que na última terça (6) e nesta quarta-feira (7), ele esteve reunido com a direção da Anvisa, solicitando a liberação da importação da vacina russa Sputnik V, e segundo a Lei Federal criada para esses casos, em casos de importação de vacinas já autorizadas por outras agências internacionais, todo o processo deverá ser feito em sete dias úteis ou até nove dias corridos. “O Governo do Ceará comprou diretamente dos russos cerca de 5,8 milhões de doses da Sputnik V, e essa quantidade resolve a situação da vacinação dos cearenses, e por isso solicitei agilidade na autorização da importação da vacina russa para com a Anvisa. Nós já estamos aguardando o primeiro lote para esse mês de abril, mas para isso, nós precisamos da autorização da Anvisa. Nós temos solicitação na Anvisa parada desde janeiro, e na situação da vacina russa o órgão nacional quer até mesmo enviar uma comitiva na Rússia para poder fazer essa aprovação, e isso é muito ruim em um momento em que precisamos tanto das vacinas para imunizar nossa população”, reportou o governador.

A vacina russa Sputnik V tem 91,6% de eficácia contra casos sintomáticos de Covid-19 e já é aplicada em 58 países no mundo inteiro.

Vacinômetro

O governador lembrou que está disponível para consulta de todos, o Vacinômetro que mostra o número de vacinas aplicadas pelos municípios e é atualizado diariamente pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Com dados registrados até o 12h desta terça-feira (6), foram aplicadas até aqui 1.220.878 doses, sendo, 975.739 da primeira dose e 245.139 da segunda dose.

Não é hora de relaxar

Camilo terminou a transmissão falando que os números estão com uma tendência de melhora, mas ainda é muito grave. “O momento ainda é muito delicado, por isso não podemos relaxar. Vamos respeitar o isolamento social e ficar em casa. Sua maior proteção é o distanciamento social e usar a máscara, portanto use, cuide de você e cuide de quem você ama. Estamos diante de um momento desafiador, mas temos certeza que vamos conseguir passar por ele juntos”, finalizou o governador do Ceará.

 

*Ascom CE

 

http://revistanordeste.com.br/governo-do-ceara-anuncia-auxilio-cesta-basica-e-isenta-taxa-do-transporte-regular-e-complementar/


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp