Nordeste

Governo do Piauí anuncia retorno de atendimento presencial em 22 órgãos estaduais nesta terça (14)

Estão autorizados a retornar ao atendimento os órgãos nos quais os serviços têm relação direta com os setores econômicos que já reabriram no estado

13/07/2020


Palácio de Karnak, sede do Governo do Estado do Piauí — Foto: Divulgação

Piauí

O Governo do Piauí anunciou o retorno do atendimento presencial em 22 órgãos estaduais a partir desta terça-feira (14). A retomada será feita de forma gradual, mantendo no máximo 50% do total de servidores no ambiente de trabalho e permanecendo com o home office e as escalas de revezamento.

Estão autorizados a retornar ao atendimento os órgãos nos quais os serviços têm relação direta com os setores econômicos que já reabriram no estado.

Para garantir o retorno seguro, a Secretaria de Administração e Previdência (SeadPrev) adquiriu insumos como álcool 70% (em gel e líquido), dispensadores do álcool, máscaras, sabão líquido e toalhas de papel para uso de todos os órgãos do executivo estadual.

O governo reforçou que as pessoas devem continuar priorizando o atendimento virtual e somente procurar o serviço presencial quando for imprescindível.

Alguns órgãos que retornam suas atividades nesta terça-feira:

 • Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH)
 • Agência de Defesa Agropecuária (Adapi)
 • Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PI)
 • Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi)
 • Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater)
 • Junta Comercial (Jucepi)
 • Secretaria de Agricultura Familiar (SAF)
 • Secretaria de Defesa Civil
 • Secretaria de Infraestrutura (Seinfra)
 • Secretaria das Cidades (Secid)
 • Secretaria do Agronegócio e Empreendedorismo Rural (Seagro)
 • Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE)
 • Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar)
 • Secretaria do Turismo (Setur)
 • Secretaria dos Transportes (Setrans)
 • Secretaria de Estado da Mineração, Petróleo e Energias Renováveis (Seminper)
 • Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc)


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.