Brasil

Guerra do tráfico no Rio tem invasão, tiroteios, sequestro e vítimas

27/08/2020


Agência Sputnik – A disputa por pontos do tráfico de drogas no Rio de Janeiro gerou uma nova onda de violência na capital fluminense há mais de 24 horas. Tiroteios, sequestro, invasões e ao menos duas vítimas fatais foram registradas, segundo informações das autoridades.

O principal epicentro da guerra do narcotráfico está localizado no Complexo de São Carlos, na região central do Rio, que desde a noite de quarta-feira (26) vive uma série de troca de tiros entre facções criminosas que disputam o controle do local, e a Polícia Militar.

Os episódios de violência na área do complexo, cercada pelo bairro Rio Comprido, refletiu em ações em outras partes da cidade, como um tiroteio na Lagoa (zona sul) e a morte de uma mãe enquanto protegia o filho durante uma troca de tiros. Uma família ainda foi sequestrada.

Segundo informações do G1, quatro pessoas foram feridas durante o sequestro, enquanto cinco homens foram detidos pela PM – dois no confronto da Lagoa, dois antes do sequestro, e o sequestrador.

De acordo com informações de um porta-voz da PM, o incidente na Lagoa se deu em razão de marginais terem deixado outra favela em direção ao Complexo de São Carlos, como parte de uma operação de apoio aos comparsas.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.