Nordeste

Imunidade coletiva: Flávio Dino aponta que parte da população do Maranhão pode ter adquirido ‘barreira biológica natural’ contra à Covid-19

Inquérito sorológico apresentou uma estimativa que cerca de 40% da população do Maranhão (2.877.454 pessoas) pode ter contraído o novo coronavírus desde o início da pandemia

31/08/2020


Na imagem o governador do Maranhão, Flávio Dino

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou que acredita que parte da população deve ter adquirido uma barreira biológica natural contra o novo coronavírus (Covid-19), como mostrou o resultado do inquérito sorológico divulgado na última terça-feira (25).

O inquérito apresentou uma estimativa que cerca de 40% da população do Maranhão (2.877.454 pessoas) pode ter contraído o novo coronavírus desde o início da pandemia.

Para Dino, esses números podem significar uma contenção, a médio prazo, do número de casos e mortes pela doença no estado. O governador afirmou que a estimativa divulgada pelo inquérito, de que aproximadamente 3 milhões de pessoas tenham contraído a doença, já era esperada pelo governo.

“Mostrou aquilo que sabíamos. Eu sempre mencionei que por uma série de razões, inclusive fisiológicas e médicas, que haveria um volume maior de casos não notificados do que de casos notificados. Neste caso, são casos que já teriam, de modo estimativo, ocorrido. O que seria neste momento condutor de dois raciocínios. Uma delas é que a taxa de mortalidade seria ainda menor no Maranhão”, disse.

“O outro aspecto é de que nós temos uma barreira biológica natural de contenção do coronavírus, uma vez que sendo verdade que cerca 40% da população teve o coronavírus, significa que essas pessoas estão majoritariamente imunes. Ou seja, significa que nós vamos ter a médio prazo uma contenção do coronavírus”, concluiu Flávio Dino.

A possibilidade do estado estar se aproximando da chamada ‘imunidade coletiva’ ou ‘imunidade de rebanho’, já havia sido levantada pelo secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, durante a coletiva de apresentação dos dados do inquérito sorológico.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.