Brasil

Infraestrutura apresenta plano de retomada econômica do governo Dilma ‘rebatizado’ com nome de Pró-Brasil

O plano, batizado de Pró-Brasil, está sendo elaborado desde meados de 2019 e deve ser apresentado nos próximos meses pelo Ministério da Infraestrutura.

16/04/2020


BRASIL 247 – O governo federal chegou à conclusão de que a única saída para retirar o Brasil da catástrofe econômica que se avizinha é a volta do PAC, o Programa de Aceleração do Crescimento, que consistia em ampliar o investimento público em infraestrutura e foi conduzido pela ex-ministra e depois ex-presidente Dilma Rousseff. No entanto, para não render homenagens a ela, o plano foi rebatizado como Pró-Brasil.

“Está nas mãos da Casa Civil e aguarda sinal verde da equipe econômica um plano elaborado pelo Ministério da Infraestrutura para a retomada da atividade com investimentos públicos após a pandemia de coronavírus. A equipe do ministro Tarcísio Freitas indicou 70 obras, na área de transportes, com projetos de engenharia e licenciamento ambiental em fase adiantada. O plano prevê aportes estatais de R$ 30 bilhões até 2022 e, segundo estimativas da pasta, poderia gerar de 500 mil a 1 milhão de empregos nesse período”, informa reportagem do Valor.

“Houve boa acolhida da proposta no Palácio do Planalto. O chefe da Casa Civil, Braga Netto, chegou a mencioná-la rapidamente durante entrevista coletiva na terça-feira, sem dar detalhes sobre os empreendimentos”, diz outro trecho.

O plano, batizado de Pró-Brasil, está sendo elaborado desde meados de 2019 e deve ser apresentado nos próximos meses pelo Ministério da Infraestrutura.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.