Brasil

Justiça do Paraguai determina prisão de Ronaldinho Gaúcho e seu irmão

07/03/2020


A Justiça do Paraguai determinou a prisão do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Roberto de Assis neste sábado 7, no âmbito do caso em que eles são investigados por uso de passaportes falsos para entrar no país.

Mais cedo, após uma audiência em que os dois chegaram algemados, a Promotoria havia pedido a manutenção da prisão preventiva dos brasileiros, alegando “risco de fuga e que o Brasil não extradita seus cidadãos”.

Leia abaixo reportagem da Reuters sobre o caso e a prisão:

Ex-atacante Ronaldinho Gaúcho é preso no Paraguai

ASSUNÇÃO (Reuters) – O ex-atacante do Brasil e Barcelona Ronaldinho Gaúcho foi preso no Paraguai na sexta-feira por tentar entrar no país com passaporte adulterado, informou a polícia paraguaia.

Gilberto Fleitas, chefe da unidade de investigações da polícia paraguaia, disse que Ronaldinho e seu irmão foram detidos poucas horas depois que um juiz se recusou a ratificar a proposta do promotor de punição alternativa.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.