Internacional

Lançamento de edição especial da Revista Nordeste pelo Consulado chinês no Brasil repercute internacionalmente

Lançamento ocorreu nesta segunda (17) através de videoconferência com a cônsul-geral da China no Recife Yan Yuqing e o embaixador da China Yang Wanming

18/08/2020


Imagem reprodução

Revista Nordeste

O lançamento pelo Consulado Chinês da edição especial da Revista Nordeste, Amizade China-Brasil, ainda repercute internacionalmente, reverberado fortemente pelos governadores das províncias de Fujian Waiban e Sichuan, no Continente Oriental, durante videoconferência com a cônsul-geral da China no Recife Yan Yuqing e o embaixador da China Yang Wanming.

Deste lado do hemisfério ocidental, o destaque fica por conta dos governadores nordestinos que em seus estados abordaram a edição 163 da Revista como histórica pelo reconhecimento do trabalho de aproximação dos laços de amizade entre os dois países, a exemplo de Fátima Bezerra, do Rio Grande do Norte, que escreveu artigo especial para a editora.

Fátima lembrou ainda a forma em que o governo chinês tem colaborado mundialmente no combate a pandemia da Covid-19 e a gratidão dos nordestinos. “Queremos que o povo chinês saiba que louvamos que sua vacina não será patenteada e sua distribuição será a preço de custo ou com licença para que eventualmente outros países possam produzir”, disse ela.

Já a vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano, destacou a cooperação bilateral entre os dois países, que se aproximam cada vez mais na economia, na ciência, na tecnologia e na cultura e enfatizou a inserção da Paraíba e do Nordeste nessa parceria estratégica. De 2010 a junho de 2020, o volume de comércio entre a China e a Paraíba superou US$ 1,4 bilhão.

Welligton Dias, do Piauí, defendeu a importância de dar prioridade à produção de vacinação contra o novo coronavírus. Nesse sentido, está sendo articulado, com o Fórum dos Governadores do Nordeste e do Brasil, uma agenda com o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, para ter definições sobre essa etapa.

“Queremos ampliar os negócios com a China, por isso aproveitei a oportunidade e cobrei a importância de uma parceria com o país, que está bem avançado nessa área de pesquisas para a vacina contra o coronavírus, no sentido de haver um entendimento com o Nordeste e com o Brasil para que tenhamos as condições de experimentar o resultado desses estudos em uma parceria voltada para a proteção da saúde das pessoas, garantindo as condições da produção de vacina no Brasil e também da sua aplicação no país, de modo especial no Nordeste”, frisou Wellington.

Sobre a publicação da edição

A edição histórica da Revista Nordeste tem previsão de ir às bancas de todo o Brasil no final do mês de agosto, dedicada exclusivamente a abordar as relações diplomáticas, a imigração chinesa, o apoio na fase do novo coronavírus e investimentos nos Estados nordestinos.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.