Nordeste

Líder do Nordeste, Maranhão ultrapassa saldo de 23 mil empregos com carteira em 2020

Revista Nordeste – O Maranhão teve saldo positivo de 23.447 empregos criados entre janeiro e novembro deste ano. Isso mantém o estado como o líder de geração de vagas no acumulado do ano em todo o Nordeste. E um dos melhores em todo o Brasil.

Os dados são do governo federal, que divulgou nesta quarta-feira (23) o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de novembro.

Com esse desempenho, o Maranhão ficou em primeiro lugar no Nordeste e o oitavo entre todos os 26 estados e o Distrito Federal. Ainda falta o mês de dezembro para calcular o saldo final de 2020.

Além disso, no acumulado do ano, o Maranhão tem a quarta maior alta no Brasil em relação ao mesmo período do ano passado, com aumento de 4,88%.

Nordeste
Entre janeiro e novembro deste ano, o Maranhão foi responsável por mais da metade do saldo positivo registrado no Nordeste, de 38.269.

O estado que mais se aproxima do Maranhão é o Ceará, com 16.274 vagas formais. Em seguida, vêm Paraíba (4.263), Rio Grande do Norte (3.257), Alagoas (2.860) e Piauí (903). Os demais têm desempenho negativo no acumulado de 2020.

Quarto ano
Este é o quarto ano seguido em que o Maranhão gera novos empregos com carteira assinada. A curva tem subido sem parar desde 2017. Naquele ano, o saldo positivo tinha sido de 1.221 postos formais. Em 2018, subiu para 9.649. Em 2019, foram geradas 10.707 vagas. E agora são 23.447, faltando um mês para fechar o cálculo.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp