Brasil

Magazine Luiza anuncia compra do Jovem Nerd e entra no mundo da cultura pop

           O Magalu anunciou nesta quarta-feira (14) a aquisição do Jovem Nerd, uma das maiores plataformas multimídias voltada para o público nerd e geek do país. O investimento é mais um movimento para compor a estratégia do ecossistema digital da companhia, especialmente o MagaluAds e o Magalu as a Service. A empresa se soma ao Canaltech e ao Steal The Look, que já fazem parte do ecossistema de conteúdo da rede varejista e também da sua vertical de soluções de publicidade digital.

Criado há 19 anos por Alexandre Ottoni (Jovem Nerd) e Deive Pazos (Azaghal), o Jovem Nerd produz conteúdo sobre diversos temas, entre eles cinema, quadrinhos, séries, games, história, ciência, internet e tecnologia. Tudo isso em diferentes tipos de mídia com seus programas NerdCast, NerdOffice, NerdBunker, NerdPlayer e Nerdologia. E um dos seus grandes destaques é o pioneirismo na produção de podcasts no Brasil com o lançamento do NerdCast em 2006. No ar há 15 anos, o programa é um dos líderes de audiência e abriu portas ao mercado publicitário no segmento por meio de branded content. Em 2019, o Nerdcast alcançou a marca de 1 bilhão de downloads, sendo o primeiro em audiência no Brasil e o terceiro no mundo.

Aposta em conteúdo autoral

Com a chegada do Jovem Nerd, os clientes do Magalu terão informação, entretenimento e também poderão ser auxiliados na decisão de compra. Além disso, em breve, o conteúdo do canal será integrado ao SuperApp do Magalu, com objetivo de ampliar o alcance e aumentar o tempo de uso e recorrência do aplicativo.

Já Ottoni afirma que a relação entre o Jovem Nerd e o Magalu já ocorria até mesmo antes do acordo de aquisição:

Uma dos produtos que deve ganhar uma atenção especial já nos próximos meses é o Nerdcast RPG, um dos mais populares do Jovem Nerd. Antes, ele era exibido em episódios anuais, mas, a partir de agora, Ottoni e Pazos planejam criar mais capítulos por ano. “Antes, demorávamos três anos para uma saga terminasse. Agora, vamos contar essa história em menos tempo”, explica Pazos. Como referência, o último Nerdcast publicado teve mais de três milhões de downloads apenas no primeiro final de semana.

Linha editorial não vai mudar

Assim como aconteceu com o Canaltech e o Steal the Look, a linha de conteúdo do Jovem Nerd também não mudará mesmo após a aquisição pelo Magalu. Com isso, todas as plataformas da empresa manterão sua liberdade editorial. “Antes mesmo de começarmos as negociações, o próprio Magalu nos garantiu que teríamos total controle criativo e editorial”, afirma Pazos. “Eu e o Alexandre ficaremos por muitos anos a frente do Jovem Nerd. É um projeto de longo prazo e, claro, estamos sempre abertos às sugestões que possam ajudar a melhorar o que produzimos”.

 

“Produzimos um vídeo para os nossos canais onde gastamos um bom tempo explicando isso: que continuaremos a ter total liberdade editorial. E repetimos isso de várias formas diferentes”, reforça Ottoni. 

 

“Produzir conteúdo de alta qualidade é o que veículos como o Jovem Nerd, o Canaltech e o Steal the Look sabem fazer. Nós, do Magalu, oferecemos nossa expertise em outros setores. Por isso nos complementamos tão bem”, finaliza Galanternick. “E para deixar outro ponto claro: jamais cobraremos pelo consumo de conteúdo. Não haverá paywall, nem nada do tipo. Tudo continuará como sempre foi, com o Jovem Nerd continuando a oferecer conteúdo gratuitamente”.

Potencial bilionário

Em 2020, segundo dados da eMarketer, o mercado de publicidade movimentou R$ 48 bilhões. Anúncios digitais, que contam com a assertividade dos algoritmos e chegam no lugar certo e na hora certa a cada consumidor, de acordo com suas preferências, necessidades e ocasião, tiveram investimentos que no ano passado já ultrapassaram 40% do total.

 

Não há dúvidas de que o caminho da publicidade digital é para o alto, em grande velocidade. O Magalu conta com anunciantes (a própria empresa e seus sellers) e a audiência (milhões de clientes nos dispositivos digitais de Magalu, Netshoes, Zattini, Época e Estante Virtual) nas mãos.

“Temos a oportunidade de monetizarmos conteúdos Premium, como o Canaltech e o Steal The Look já fazem, além de termos milhares de potenciais anunciantes, entre fornecedores, selllers de nossos marketplace e até outras empresas que não necessariamente pertencem ao nosso ecossistema, mas que tenham interesse no público que estamos atingindo, continua Galanternick.

E na outra ponta, milhões de leitores do Jovem Nerd, que são consumidores em potencial, em que podemos fazer a conexão entre eles e nossos parceiros através de uma jornada de compra dentro da nossa plataforma”. 

 

https://youtu.be/dLcbDPQaGec

Já a consolidada audiência do Jovem Nerd irá se beneficiar, especialmente, com a produção de um volume maior de conteúdos mais autorais em diferentes formatos, novidades e mais interação.

Para aumentar ainda mais a audiência e a eficácia do Magalu Ads a companhia comprou, há cerca de seis meses, o site especializado em conteúdo de tecnologia Canaltech e a plataforma de mídia online da Inloco. Então, o MagaluAds passou a contar com uma plataforma própria, simples e intuitiva, que ajudará a descomplicar a publicidade online e permitirá que milhares de sellers e fornecedores do Magalu tenham autonomia para investir e acelerar suas vendas. O serviço oferecido pelo MagaluAds será uma forma adicional de monetizar a audiência total do Magalu.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp