Brasil

MAIS UMA: universidade alemã diz que ministro da Educação não tem pós-doutorado que consta em seu currículo

Decotelli foi desmentido pela própria Universidade de Wüppertal depois de divulgar que teria feito estudos de dois anos de pós-doutorado na instituição alemã. As falsificações são a marca do currículo do agora ministro da Educação

29/06/2020


Carlos Alberto Decotelli

O novo ministro da Educação do governo Bolsonaro, Carlos Alberto Decotelli, não estudou por dois anos na Universidade de Wüppertal, na Alemanha, como divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) e segundo consta no Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Segundo reportagem do jornal O Globo, a instituição alemã esclareceu que o ministro conduziu pesquisas na universidade por um período de três meses em 2016, mas sem concluir qualquer programa de pós-doutoramento.

“Carlos Decotelli não obteve nenhum título na nossa universidade”, afirmou a responsável pela comunicação da Bergische Universität Wüppertal (BUW), Jasmine Ait-Djoudi.

Decotelli descreve em seu currículo, disponível na plataforma Lattes do CNPq, que frequentou a universidade alemã entre 2015 e 2017.

LEIA MAIS: Reitor de universidade argentina nega que novo ministro da Educação tenha doutorado na instituição


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.