Brasil

Mão Santa quer abrir processo ético disciplinar para a expulsão de infiéis

O candidato ao governo do Estado, Mão Santa (PSC), não está nada satisfeito com alguns partidário do PSC. Isso por que existiriam casos de infidelidade por parte de alguns prefeitos e vereadores.

Segundo a edição do Jornal Meio Norte do último domingo (14/09), Mão Santa inclusive já avisou ao Diretório Estadual do PSC que irá tomar providências com relação a isso.Aqueles prefeitos, vice-prefeitos e vereadores que não estiverem alinhados com sua candidatura ao Governo receberão um processo ético disciplinar para a expulsão por infidelidade. O candidato garante ainda, que o partido que já tem nomes e provas suficientes para o processo.

(180 Graus)


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp