Nordeste

Maranhão já supera marca de 2019 e vive 4º ano seguido de novos empregos

01/11/2020


Revista Nordeste

Nos primeiros nove meses de 2020, o Estado do Maranhão já criou mais empregos com carteira assinada do que em todo o ano de 2019. Entre janeiro e setembro de 2020, foram 13.033 novos postos formais. Em 2019 inteiro, foram 10.707 vagas.

Este é o quarto ano seguido em que o Estado gera novos empregos com carteira assinada, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério da Economia.

Não é só isso: a curva tem subido sem parar desde 2017. Naquele ano, tinham sido 1.221 postos formais (com carteira assinada). Em 2018, subiu para 9.649. Em 2019, foram geradas 10.707 vagas. E, agora, antes de terminar o ano, 13.003.

Ou seja, o Maranhão pode ter saldo final ainda mais positivo até dezembro.

Quarto melhor resultado

No acumulado do ano de 2020, entre janeiro e setembro, o Maranhão é o quarto estado em todo o Brasil que mais criou empregos novos.

Apenas Pará, Mato Grosso e Goiás conseguiram desempenho melhor que o do Maranhão no mesmo período.

Além disso, o Maranhão é o único estado do Nordeste que conseguiu gerar novas vagas no acumulado de 2020.

O cenário maranhense também é bem diferente da média nacional. De janeiro a setembro de 2020, o Brasil perdeu 558 mil empregos com carteira assinada.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.