Brasil

MP acredita ter chegado ao suspeito de clonar carro usado na emboscada contra Marielle Franco

Agência Sputnik – Em meio às investigações, o Ministério Público (MP) acredita ter chegado ao suspeito de clonar o veículo usado na emboscada à vereadora. Segundo o MP, ele é defendido pelo mesmo advogado de Ronnie Lessa, acusado de cometer o crime.

A polícia e o Ministério Público descobriram uma importante pista que pode ajudar na investigação do assassinato da ex-vereadora Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes.

A nova descoberta pode levar os investigadores ao responsável pela clonagem do carro usado na emboscada às vítimas. O MP descobriu que Eduardo Almeida Nunes de Siqueira, morador da Muzema, favela dominada pela milícia, clonou um veículo do mesmo modelo daquele que foi usado no crime.

Coincidência ou não, escreve o jornal O Globo, o advogado Bruno Castro, que defende Siqueira, é o mesmo que atua para o sargento reformado da Polícia Militar Ronnie Lessa, acusado de executar Marielle e Anderson.

Eduardo Siqueira admitiu que já clonou vários veículos, inclusive um Cobalt prata, ano 2014, semelhante ao veíuclo usado pelos assassinos. O Cobalt teria sido trocado por um Fiat Palio, numa negociação com um miliciano conhecido como Pepa.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp