menu

Brasil

23/12/2013


2014: Volume de investimento chegará a R$ 9,4 bi

CEARÁ

O Governo do Estado fará o maior volume de investimento de sua história. Serão disponibilizados R$ 9.444.847.108,74. Desse total, R$ 1,4 bilhão é do Tesouro Estadual, R$ 3,8 bilhões de transferências federais, mais R$ 2,8 bilhões de operações de crédito e R$ 1,3 bilhão de outras fontes. Os números foram divulgados nesta sexta-feira (20), logo após a quarta e última reunião de avaliação do Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (Mapp) de 2013. "À medida que você vê que o que estava programado para este ano e não foi executado, na hora que você corrige para o valor executado neste ano, automaticamente, o sistema já transporta o que não foi executado para o exercício seguinte, de 2014, que creio deverá ser recorde de investimentos na história do Ceará", disse o Governador.


Em 2013, o Governo do Estado investiu em ações R$ 3,43 bilhões. Esse montante representa cerca de 75% do total previsto para o ano. "A programação de investimentos em ações e em obras para este ano era de R$ 4,8 bilhões e empenhamos R$ 3,4 bilhões, portanto um percentual em torno de 73%. É uma média razoável, que valeria numa nota de colegial a acima da média", explicou Cid Gomes.


Segundo ele, em 2014, a prioridade é avançar nas ações já iniciadas. "Eu destacaria a Linha Leste do Metrô, que é o maior investimento da história do Ceará. É uma linha que transportar 400 mil pessoas, passando nos dois principais corredores de tráfico de Fortaleza que é a Av. Santos Dumont e Av. Washington Soares. O Cinturão das Águas é também uma obra estruturante do Estado e funcionará como um pulmão auxiliar ao grande pulmão que é o Castanhão. O VLT Parangaba-Mucuripe também é uma obra importante. Temos a conclusão do Hospital Regional do Sertão Central; o início das obras do Hospital Metropolitano de Fortaleza; as obras de ampliação do Porto; várias duplicações de estradas, no caso Fortaleza-Redenção, Fortaleza-Paracuru, vamos dar sequência a duplicação da rodovia que liga a Beberibe. Vamos fazer a duplicação do Anel Viário; a interligação do anel viário com a ponte da Sabiaguaba, o Centro de Formação Olímpica, e, se Deus quiser a gente inicia e vamos trabalhar pra ficar pronto, a ponte estaiada sobre o rio Cocó", enumerou Cid Gomes.
 

Assessoria

Notícias relacionadas