menu

Maranhão

11/03/2016


24 municípios recebem nova pavimentação no MA

No próximo sábado, dia 12, o governo estado entregará obras de pavimentação em 24 municípios, de todas as regiões do Maranhão, contemplados pelo programa Mais Asfalto. Os serviços de pavimentação urbana foram realizados pela Secretaria de Estado de Infraestrutura em ruas e avenidas, com prioridade para as áreas de maior fluxo ou que interligam comunidades à região central das cidades.

Nas regiões Norte e Oeste do Maranhão, serão 12 municípios com obras entregues, totalizando 274.305 mil habitantes que serão beneficiados com76quilômetros de asfalto. No Oeste do Estado, os municípios de Boa Vista do Gurupi, Bom Jardim, Cândido Mendes, Centro Novo do Maranhão, Luís Domingues, Cururupu, Pedro Rosário, Peri Mirim, Presidente Sarney, Turiaçu e Monção, com 252.646 mil moradores no total, receberão 35quilômetros de novas ruas, no Norte.

O município de Alcântara, com 21.659 mil moradores receberá quatro quilômetros de pavimentação nas ruas. O investimento total nessas duas regiões é de mais de R$ 9 milhões de reais.

As ruas e avenidas contempladas pelo ‘Mais Asfalto’ receberam serviços de terraplanagem, pavimentação, sarjeta e meio-fio. “Estamos entregando vias em perfeito estado de uso, sinalizadas, com o objetivo de facilitar o tráfego nessas cidades e, principalmente, melhorar a qualidade de vida e garantir o direito de ir e vir dos cidadãos, que vão se deslocar em menos tempo, em ruas com ótimas condições”, afirma o Secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto.

O Mais Asfalto é um programa de pavimentação de vias urbanas desenvolvido pela gestão do governador Flávio Dino, desde o primeiro mês de governo. Em 2015, 107 cidades receberam o serviço, algumas delas com as obras concluídas e entregues ainda no ano passado.

Reforma de escolas

Além do’ Mais Asfalto’, o Governo do Estado está beneficiando a população de todo o Maranhão com diversas obras já entregues ou em andamento, como a reforma de escolas da rede estadual de ensino. Na região Norte do Maranhão, estão em obras escolas em Matinha (CE Padre Astolfo Serra, CE Aniceto Mariano Costa) Itapecuru Mirim (CE Prof. Nweton Neves, CE Olegário Bispo/Escola Quilombola), Icatu (UI Profª Raimunda Paixão, CE Matias Costa), São Luís (CE Vicente Maia, CE Fernando Perdigão, CE Profª Maria do Socorro Almeida, EU Sagaranta II, CE Margarida Pires Leal, CAIC Barjonas Lobão, CE Prof. Dayse Galvão de Sousa, CE Paulo VI), São José de Ribamar (CAIC CE Cidade São José de Ribamar, Construção do muro da EU São José de Ribamar), Axixá (CE Estado do Acre), Rosário (CE Jaime Tavares), Morros (CE América Central), Vitória do Mearim (CE Estado do Espírito Santo) e Alcântara (Centro Educacional João Leitão).

Na Região Oeste os municípios em reforma são Cândido Mendes (CE Djalma Cruz), Lago da Pedra (CE Cristovão Colombo), Carutapera (CE Tarquino Lopes Filho), Açailândia (CE Maria Izabel Rodrigues Cafeteira), Imperatriz (CE Barjonas Lobão, CE Vespasiano Ramos), Alto Alegre do Maranhão – Povoado Caxuxa (UI Rosimeire Torres Neves). Serão 60 unidades de ensino beneficiadas com reforma e adaptação, em 36 municípios, até o final deste ano. As obras já foram iniciadas em 32 escolas estaduais, num investimento total de mais de R$ 90 milhões.

“O governador Flávio Dino determinou que recuperássemos as escolas estaduais para que todas tenham condições mínimas de receber nossos estudantes. Isso demonstra uma nova realidade em nosso estado, com a decisão firme do governador de investir na educação como forma de libertação da nossa gente”, declarou o secretário da Sinfra, Clayton Noleto.

Recuperação de rodovias

Os serviços de recuperação e melhorias nas estradas do Maranhão beneficiaram diretamente nas Regiões Norte e Oeste 27 municípios com investimento de 10.040.584,42 milhões. Foram mais de 900 quilômetros de estradas recuperadas e atualmente são 218 quilômetros em execução.

Entre os trechos finalizados estão os municípios de Colombo a Anajtuba, Urbano Santos a Belágua, MA-203 região metropolitana de São Luís, São Pedro da Água Branca a São Francisco do Brejão, São Pedro dos Crentes a Estreito, Porto Francos a São João do Paraíso, Sítio Novo a Amarante.

Na Região Norte as obras de recuperação e melhoria de 186 quilômetros da MA-106 entre Cujupe a Governador Nunes Freire está em andamento. Com a finalização dos serviços o trecho que liga Pinheiro a Cujupe vai facilitar a trafegabilidade da região que é bastante utilizada por motorista utilizam a estrada diariamente. A obra foi orçada em 3.711.749,45 milhões. Ainda na Região Norte, o Estado finalizou em 2015, os serviços de drenagem e pavimentação asfáltica da MA-203 localizada na região metropolitana de São Luís e este ano continua executando serviços de drenagem e pavimentação nas outras rodovias que cortam a grande ilha. A MA-202, conhecida por estrada da Maioba, recebeu serviços de drenagem profunda nos pontos mais críticos da rodovia e pavimentação asfáltica. As outras rodovias como MA-201 (Estrada de Ribamar) também estão recebendo serviços de melhoria e recuperação.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, as obras fazem parte de um esforço para melhorar a trafegabilidade das estradas maranhenses. “Nós estamos trabalhando na recuperação de rodovias estaduais que são muito importantes. Eu cito, por exemplo, que fizemos de recuperações emergenciais, operações de tapa buraco, operação de recuperação de segmentos, pavimentação e reconstrução de rodovias estaduais sem contar as rodovias novas que estão sendo construídas. Já alcançamos quase dois mil quilômetros em diversasregiões maranhenses propiciando condições de infraestrutura para quepossam se desenvolver”, explicou o secretário.

Outro projeto que está facilitando a mobilidade urbana em São Luís é o ‘Interbairros’. O projeto vem sendo desenvolvido desde 2015 em parceria com a prefeitura de São Luís e Governo do Estado. No total serão construídas mais de 21 quilômetros de viasalternativas e paralelas para desafogar os grandes corredores de fluxo intenso da capital. Para a concretização do projeto, cerca de R$ 32 milhões de reais serão investidos.

Notícias relacionadas