menu

Brasil

27/11/2013


4 milhões de turistas são esperados para curtir praias da Bahia no verão

BAHIA

A menos de um mês do Verão, estação das festas e férias, a estimativa da Secretaria do Turismo do Estado (Setur) é da chegada de cerca de 4 milhões de visitantes de outros estados e também do exterior. Os locais mais procurados pelos turistas são a capital, Porto Seguro (sede, Arraial D’Ajuda e Trancoso), Praia do Forte, Morro de São Paulo, Maraú, Imbassaí, Itacaré, Prado, Costa do Sauípe e as regiões da Chapada Diamantina e o Recôncavo Baiano. Os turistas são procedentes de estados como São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e o Distrito Federal e de outros países como Argentina, Espanha, Itália, França e Alemanha.

“A Bahia se destaca frente a outros destinos brasileiros por conta da diversidade de opções para passeios e também por conta de aspectos como a gastronomia e a cultura”, destaca o secretário do Turismo, Domingos Leonelli. “Somos o terceiro principal destino do país em desembarques aéreos. Vamos chegar a um número acumulado de 25 milhões de chegadas pelos nossos três aeroportos (Salvador, Porto Seguro e Ilhéus) nos últimos sete anos, contra 11 milhões do período 2001-2006, o que revela que a atividade registrou um grande crescimento”, afirmou o secretário.

Para Leonelli a recuperação de Salvador como destino turístico vai acontecer. “A nossa capital não cresceu na proporção que os outros destinos baianos nos últimos anos, mas creio que a situação tende a melhorar, pois há um grande número de intervenções viárias e turísticas que farão com que a cidade se recupere”, explica.

A Setur e a Bahiatursa apostam em uma gama de serviços para atrair o turista que visita a Bahia neste verão, como o Disque Bahia Turismo, um call center que funciona 24 horas em inglês, espanhol e português; o portal www.bahia.com.br, que fornece informações sobre os destinos baianos e o aplicativo Guia Bahia Turismo, disponível para tablets e smartphones com os sistemas Android e IOS. Com a ferramenta, que é georeferenciada, é possível acessar informações sobre bares, restaurantes, meios de hospedagem, mapas, dentre outras coisas. Para baixar o aplicativo basta acessar o link www.bahia.com.br/aplicativos.

Destaque

De acordo com a Setur a Bahia se destaca frente a outros destinos brasileiros por conta da diversidade de opções para passeios, de aspectos como a gastronomia, cultura e também pelo fato de ter mais hotéis para receber turistas. Leonelli disse que nos últimos sete anos, a Bahia ganhou 27 empreendimentos hoteleiros de grande porte, o que representa um aporte privado de mais de R$ 1 bilhão e a geração de 4,5 mil empregos em diversas regiões do Estado. A última unidade hoteleira inaugurada foi o Grande Hotel Itaparica no mês passado.

Segundo o secretário, “foram investidos R$ 20 milhões e estão sendo gerados 135 empregos. O mais importante disso tudo é que 95% dos funcionários do hotel pertencem à própria Ilha de Itaparica, o que justifica a nossa presença no destino com ações de qualificação profissional e empresarial”.

Os principais destinos turísticos

Salvador – É conhecida como a “capital cultural do país”, berço de grandes nomes no cenário artístico, com destaque mundial. As ruas do Centro Histórico transportam o turista para os primórdios da história do Brasil. Durante as visitas ao local, pode-se aprender, com a ajuda dos guias, como se desenvolveu a colonização da primeira cidade do país. No Pelourinho, existem mais de 800 casarões dos séculos XVII e XVIII.

A Bahia sempre teve um litoral diferenciado, com o maior número de praias do país, só em Salvador são 50 quilômetros de costa. As águas alcançam, em média, 26ºC, o que favorece a prática de variadas modalidades esportivas, como windsurfe, kitesurf, além do próprio surfe, que tem campo propício em quase todas as praias da capital. Em Salvador, os mergulhadores encontram espaço ideal. Além de belezas naturais submarinas, a cidade tem o maior número de naufrágios registrados no Brasil. Algumas ruínas de antigos navios estão a poucos metros da praia, acessíveis para iniciantes em mergulho. Quem prefere emoções mais fortes, pode visitar navios pouco explorados, situados em águas profundas, ainda na Baía de Todos os Santos.

Alegria, criatividade, musicalidade, riqueza folclórica e cultural são inerentes ao povo baiano, que tirou da mistura de raças e costumes o seu principal tempero.

Porto Seguro -Na cidade onde nasceu o Brasil, o que não faltam são opções para o turista. As praias entrecortadas de rios, coqueirais, Mata Atlântica, manguezais, falésias e arrecifes oferecem ao visitante um verdadeiro paraíso ecológico. Como primeiro núcleo habitacional do país, a Cidade Histórica abriga prédios e peças valiosas do século XVI. A cidade foi tombada como Patrimônio Histórico Nacional em 1973 pelo IPHAN e é também reconhecida como patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco desde 2000.

Porto Seguro é o ponto de partida para quem deseja conhecer as primeiras páginas da história do Brasil, praticar ecoturismo, esportes, passear, comer bem ou simplesmente relaxar. São 90 km de praias protegidas por recifes de corais, rios, riachos, coqueirais e uma exuberante Mata Atlântica. Os passeios mais procurados são para Recife de Fora, Coroa Alta (em Santa Cruz de Cabrália), Trancoso e Caraíva. Os que gostam de voar também podem se divertir, visitando o clube de ultraleves. Durante estes passeios, em ultraleves ou helicópteros, é possível contemplar, de um outro ângulo, o cenário deslumbrante de toda a Costa do Descobrimento.

A cidade nunca dorme e até mesmo o comércio tem um horário atípico. Muitos shoppings e lojas de artesanato funcionam até a meia-noite. Para quem gosta de sofisticação, há restaurantes especializados em comida francesa, japonesa, italiana, etc. Quem prefere os pratos mais baratos, os restaurantes de comida a quilo oferecem as melhores opções – no centro da cidade ou na orla -, com variedades de pratos quentes e saladas, além dos deliciosos doces típicos.

Praia do Forte – Localizada no município de Mata de São João, Praia do Forte é carinhosamente conhecida como a “Polinésia Brasileira”. Difícil é saber por onde começar a desbravar o local, tamanha é a oferta de lazer e entretenimento de que dispõe. Os passeios são muitos e variados, podendo ser feitos a pé, em cavalgadas ou de jipe.

São 12km de praias, delimitadas por dunas, coqueiral, piscinas naturais, um famosíssimo Sítio Histórico que abriga o Castelo Garcia D´Ávila, a Reserva de Sapiranga, as corredeiras do Rio Pojuca e uma animada aldeia de pescadores que recebe o turista de braços abertos, oferecendo, além dos irresistíveis atrativos naturais, uma infraestrutura de primeiro mundo. Assim é Praia do Forte, marco zero da Linha Verde, distante 50km do Aeroporto Internacional de Salvador, “point” do turista apaixonado pelo turismo ecológico.

Morro de São Paulo – Um dos principais destinos turísticos da Bahia e do Brasil, Morro de São Paulo localiza-se no município de Cairu, a 60 km de Salvador. O pequeno paraíso nasceu nos arredores da Ilha de Tinharé, ao norte do arquipélago da Baía de Camamu. Os monumentos históricos do local foram fundamentais no período colonial e hoje são protegidos pelo Patrimônio Histórico Nacional. As belezas naturais estão divididas em dez praias: Primeira, Segunda, Terceira e Quarta Praias, Praia do Encanto, Guarapuá, Boipeba, Ponta da Pedra, Praia da Gamboa e, por último, Praia do Forte, que só aparece na maré baixa.

O relevo acidentado do local promoveu trilhas que levam às partes mais altas da ilha. Nestes pontos, descortinam-se paisagens sublimes, verdadeiros cartões postais que tiram o fôlego dos visitantes. Durante todo o ano, o movimento é grande, aquecendo a economia de cidades vizinhas como Nazaré e Valença; esta última, uma das portas de entrada para a Ilha. Na alta estação, o Morro fica lotado de turistas, principalmente jovens que, durante a noite, promovem muitos agitos em um clima de paquera.

A principal rua do povoado possui dezenas de pousadas, bares e restaurantes e, não por acaso, foi apelidada de Broadway. No carnaval e réveillon, várias festas são promovidas na praia, onde os visitantes aproveitam o clima descontraído para dançar até o amanhecer.
 

iG Bahia

Notícias relacionadas