menu

Ceará

13/10/2019


Governador ressalta equilíbrio fiscal e reconhece contribuição dos fazendários para o Estado

Antônio Cardoso Texto
Carlos Gibaja e Tiago Stille Fotos

 

O governador Camilo Santana participou, na manhã de sábado (12), das comemorações ao Dia do Servidor Fazendário – celebrado em 28 de setembro, ao Dia do Servidor Público (28 de outubro) e aos 183 anos da Secretaria da Fazenda. A celebração ocorreu no histórico Cineteatro São Luiz.

Em sua fala, logo na abertura do evento Ser Fazendário, o governador ressaltou que, mesmo durante esta que talvez tenha sido uma das piores crises vividas no Brasil, afetando diretamente a vidas das pessoas, o Ceará se mantém em equilíbrio. “Aqui fizemos um esforço muito grande para manter o Estado equilibrado, com seus servidores recebendo pagamentos em dia, com melhorias, investimentos, e isso tudo ninguém faz somente com a vontade, se faz com recursos. O que a Secretaria da Fazenda faz é o grande pilar para que o Estado possa, concretamente, operacionalizar suas ações”.

De acordo com Camilo Santana, quando o Estado consegue investir em pessoas, cumpre o seu papel e seus agentes cumprem com a função de melhorar a vida das pessoas.

“82% da população do Ceará utilizam o Sistema Único de Saúde, precisa de UPA, de um hospital púbico, de uma Policlínica, e, principalmente na crise aumentou o número de pessoas atendidas no serviço público, porque as pessoas saíram dos planos de saúde. Além disso, mais de 80% dos alunos do Ceará são de escolas públicas, e, para a gente é um orgulho muito grande quando o Ceará tem a melhor educação pública do Brasil”, apontou o governador. “Mas para a gente fazer isso, precisamos ter recursos”, afirmou, destacando o papel da Sefaz no Estado.

Notícias relacionadas