menu

Sergipe

21/07/2016


A cada duas horas e meia um adulto é conduzido ao sistema penitenciário

O trabalho das Polícias Militar e Civil, neste primeiro semestre de 2016, atingiu o número de 1.741 prisões, de acordo com dados da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal da Secretaria da Segurança Pública (Ceacrim/SSP). O número é 5,84% maior em relação ao mesmo período de 2015, quando foram feitas 1.645 prisões.

A estatística do Ceacrim tem como base os números do Departamento do Sistema Prisional (Desipe) da Secretária de Estado da Justiça. Detalhando esses números, a SSP tem a significativa marca de 290 prisões por mês; ou seja, nove pessoas presas por dia. É o mesmo que dizer, que a cada 2h30, a polícia sergipana encaminha um delinquente ao sistema prisional do Estado.

Nos dados, não constam o número de apreensões de adolescentes infratores uma vez que eles são encaminhados para as unidades socioeducativas. Outro detalhe a ser observado é que no relatório não tem a quantidade de pessoas detidas e liberadas logo em seguida após o pagamento de fiança ou nas audiência de custódia.

"Os órgãos que compõem a SSP têm realizado um trabalho articulado e integrado no intuito de reduzir os índices de crimes antes mesmo que eles aconteçam. Aumentamos o número de abordagens, alocamos a tropa militar em pontos e horários estratégicos, entre ações pontuais de policiamento ostensivo. Também temos chegado com mais rapidez aos autores de vários tipos de delitos a partir de adoção de novas estratégias na Polícia Civil", explicou o secretário da Segurança Pública, João Batista Santos Junior.

Jornal da Cidade

Notícias relacionadas