menu

Brasil

03/09/2014


ACM Neto trata fala de Wagner sobre Souto como ‘fruto do desespero’

Bahia

O prefeito de Salvador, ACM Neto, reagiu às declarações do governador Jaques Wagner que acusou o ex-governador Paulo Souto de “ser funcionário de empresa da família”. De acordo com ACM Neto, o governador Wagner “deveria respeitar a memória do senador ACM que, se estivesse vivo, completaria 87 anos nesta quinta-feira (4)”. ACM Neto afirmou, ainda, que o senador Antonio Carlos Magalhães sempre foi reconhecido por revelar talentos e incorporá-los à vida pública.

“Certamente, o mais representativo dos talentos revelados pelo senador é Paulo Souto, um político que tem história na Bahia pelas realizações como governador, secretário e senador”, disse o prefeito. Ainda segundo o prefeito, o governador Wagner errou o alvo ao dizer que Paulo Souto é funcionário da família Magalhães. “Na realidade, o candidato do PT é que foi funcionário do governador por oito anos e, portanto, um dos responsáveis pelas greves, o caos na saúde e o colapso administrativo da Bahia”. Com ironia, ACM Neto disse que entende os ataques do governador a Paulo Souto. “O desespero tomou conta do PT e de seus representantes. Os resultados das pesquisas na Bahia, inclusive as encomendadas pelo partido, mostram que a população rejeita o candidato imposto pelo governador e quer a volta de Paulo Souto.”

 

(Bahia Notícias)

Notícias relacionadas