menu

Brasil

02/08/2018


Acordo entre PT e PSB nos estados isola Ciro

As cúpulas do PT e PSB decidiram recolher candidaturas estaduais em nome de um pacto nacional que leva ao isolamento o candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes. O PSB vai anunciar neutralidade na corrida presidencial, abandonando a costura de aliança com o PDT. Já o PT vai retirar a candidatura da vereadora Marília Arraes ao governo de Pernambuco em apoio à reeleição do governador Paulo Câmara, que é do PSB. Foram 17 votos contra 8. A Executiva Nacional do PT decidiu, assim, apoiar o PSB no estado.

“O comando petista aprovou a aliança com o PSB de Pernambuco às 16h. No mesmo momento, em um hotel de Belo Horizonte, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, informava ao ex-prefeito e pré-candidato Márcio Lacerda a decisão de desistir da disputa ao Palácio da Liberdade em apoio à reeleição do petista Fernando Pimentel. “Recebi esta comunicação com indignação, perplexidade, revolta e desprezo”, escreveu Lacerda, informando em nota que recusará o convite para que concorra ao Senado na chapa encabeçada por Pimentel. Em declaração posterior à Folha, ele disse que teve apenas uma conversa e que espera receber uma comunicação formal.

Pré-candidata em Pernambuco, Marília afirmou que não vai desistir de sua candidatura. A vereadora disse acreditar que o recurso remetido ao Diretório Nacional para reverter a decisão será acolhido. “Não tenho o direito de recuar e colocar a esperança do povo de Pernambuco como moeda de troca a preço de banana. A neutralidade é a única coisa que Paulo Câmara e seu grupo político pode oferecer porque não tem força de levar o partido dele para um lado ou para o outro”, disse a jornalistas no Recife.”

Leia mais aqui. 

Notícias relacionadas