menu

Brasil

20/12/2013


Alagoas pode produzir etanol de segunda geração

NESTA EDIÇÃO

Maior produtora de cana-de-açúcar do Nordeste, Alagoas está atraindo os olhares de empresários do setor produtivo energético.

Empresas de energia limpa estão investindo, com a construção de duas fábricas, o total de R$ 600 milhões no estado, propondo uma reconfiguração da forma como se produz energia em Alagoas.

A GranBio recebeu no mês de outubro a licença da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) para construir sua unidade fabril em São Miguel dos Campos, a 68 km da capital Maceió, enquanto a Ben Bioenergia, parte das obras da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), será instalada em Teotônio Vilela.

 

Saiba os detalhes destas operações e como isso pode mexer com a economia do estado, na edição 84 da Revista NORDESTE, já nas bancas!

Notícias relacionadas