menu

Alagoas

17/10/2019


AL reduz homicídios, assaltos e roubos pelo 15º mês

Em coletiva à imprensa, governador Renan Filho destacou investimentos nas Segurança, ampliação de programas e integração das forças policiais

Pelo 15º mês consecutivo, Alagoas apresentou redução dos índices criminais. Em setembro passado houve, mais uma vez, diminuição no número de homicídios, de assaltos a ônibus, roubo de veículos, bancos e a estabelecimentos comerciais em Alagoas. Os dados foram apresentados, na manhã desta quinta-feira (17), pelo governador Renan Filho e o secretário de Segurança Pública, Lima Júnior, durante entrevista coletiva no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares.

De acordo com o Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac), da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), os números de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) seguem em queda em Alagoas. A redução verificada na comparação entre os meses de setembro de 2018 e 2019 é de 12,5%. Os homicídios caíram de 120 para 105.

“São números muito importantes. Esse é o 15º mês de redução consecutiva de violência em comparação a 2018, que já havia registrado os melhores resultados da série histórica. Estamos no caminho certo, mas precisamos intensificar e trabalhar ainda mais para entregar esses bons resultados no futuro”, destacou Renan Filho.

Os crimes contra o patrimônio também permanecem despencando em Alagoas. Em setembro deste ano, foram contabilizados 32 roubos de veículos de passeio, contra 56 ocorridos no mesmo mês do ano passado, o que representa uma redução de 42,9%.

Alagoas alcançou uma redução de 30,7% nos casos de roubo de motos. Setembro deste ano somou 149 ocorrências ante os 215 registrados no mesmo período de 2018.

A capital também apresentou queda no número de homicídios. A redução foi de 22,2%. Este ano, o mês de setembro encerrou com 35 mortes. Já no mesmo período do ano anterior, Maceió havia registrado 45 homicídios. Ainda segundo o Neac, setembro terminou com uma redução de 42,9% nos assaltos a estabelecimentos comerciais em Maceió. Em todo o Estado, a queda foi de 26,5%.

Da mesma forma, os assaltos a ônibus seguem em queda na capital. Durante todo o mês de setembro, dez ocorrências dessa natureza foram contabilizadas contra 20 registradas no mesmo mês do ano passado, o que representa uma redução de 50%. No acumulado de janeiro a setembro, Maceió teve 79 assaltos ante as 276 ocorrências verificadas no mesmo intervalo de 2018.

O número de roubos a instituição financeira também apresenta forte redução. Com a integração das forças policiais, que garante a desarticulação de quadrilhas especializadas em assaltos a banco, a quantidade desse tipo de crime caiu 81,8%. De janeiro a setembro deste ano, apenas quatro ocorrências foram registradas. Em 2018, foram 22 assaltos contabilizados no mesmo período.

“O compromisso de integrar as forças policiais foi uma das políticas adotadas pela Segurança Pública aqui em Alagoas e que tem dado bastante certo. Esses resultados mostram isso. É investindo em nossas polícias que conseguimos combater a violência no estado”, afirmou.

Durante a coletiva, o governador revelou que esteve reunido em Brasília (DF), na terça-feira (15), com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, oportunidade em que apresentou os bons resultados alcançados pela Segurança Pública em Alagoas e solicitou o empenho de recursos para a construção de dois Centros Integrados de Segurança Pública (Cisps) do tipo 3 em Maceió.

“O ministro garantiu que vai trabalhar para empenhar os recursos dos Cisps tipo 3 até o mês de novembro. A partir daí, vamos licitar e eu espero que no ano que vem já tenhamos os Cisps do tipo 3 em construção na capital para dar sequência à agenda de entregas na Segurança Pública”, disse o governador.


Revista NORDESTE com Agência Alagoas

Notícias relacionadas