menu

Política

27/11/2017


Alckmin deve assumir a presidência do PSDB

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) e o governador de Goiás, Marconi Perillo, desistiram da disputa e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, deverá assumir a presidência nacional do PSDB.

As desistências dos dois tucanos se deram em nome da união do partido. Tasso deve anunciar oficialmente sua decisão ainda nesta segunda-feira 27.

A missão principal do governador paulista será diminuir o racha tucano em prol da formação de aliança para as eleições de 2018.

A última de pressão partiu de Michel Temer, que afirmou que o PMDB seguiria seu próprio rumo em 2018, isolando o PSDB, caso Jereissati assumisse o comando da sigla.

Brasil 247

Notícias relacionadas